INCLUSÃO DIGITAL NO AMAZONAS E O ACESSO DE JOVENS ÀS MÍDIAS SOCIAIS

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n3p235-249

Autores

  • Wania Ribeiro Fernandes FACED - UFAM

Publicado

2022-10-18

Downloads

Downloads

Não há dados estatísticos.

Edição

Seção

Artigos

Resumo

Este artigo decorrente da Pesquisa Nacional em desenvolvimento, intitulada “Comunicação promotora de saúde: estratégias de enfrentamento de epidemias de IST, HIV/AIDS e Hepatites Virais em população jovem”, financiada pelo CNPq no âmbito de contextualização do acesso de jovens nortistas às estratégias de comunicação e informação à saúde. Visa caracterizar a acessibilidade às tecnologias digitais no estado do Amazonas. A metodologia, de cunho bibliográfico descritivo, coletou publicações dos últimos 10 anos sobre o desenvolvimento tecnológico no Amazonas. A análise dos dados descreve o serviço de internet disponível no Estado. Os resultados apontam as especificidades geográficas e econômicas como determinantes para a indisponibilidade de serviços de internet e de acessibilidade. O acesso limitado em municípios do interior, com falhas na transmissão e custo muito elevado, o que reflete no processo de escolarização dos/as jovens e na capacidade de inclusão digital desses sujeitos afetando seu status de visibilidade e importância social

Como Citar

Ribeiro Fernandes, W. (2022). INCLUSÃO DIGITAL NO AMAZONAS E O ACESSO DE JOVENS ÀS MÍDIAS SOCIAIS. EDUCAÇÃO, 11(3), 235–249. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n3p235-249