A DISCIPLINA DE ALFABETIZAÇÃO INFORMACIONAL NA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA INFORMAÇÃO: REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DOCENTE

Renata Braz Gonçalves, Aurora Cuevas-Cerveró

Resumo


Refletir sobre a docência no ensino universitário é uma prática cada vez mais necessária, contudo, cada dia mais rara. Este artigo tem por finalidade compartilhar a análise sobre a oportunidade de reflexão acerca da prática docente como professora ajudante na disciplina de Alfabetización Informacional do curso de Master en Información e Documentación, da Facultad de Ciencias de la Documentación da Universidade Complutense de Madrid. A pesquisa caracteriza-se como de abordagem qualitativa tendo utilizado como técnicas de coleta de dados a análise documental e a observação participante. Como resultados, apresentamos a descrição e reflexão sobre o processo de planejamento, execução das aulas e avaliação dos alunos e da disciplina. Conclui-se que esse tipo de disciplina, bem como a metodologia de trabalhos desenvolvida deveria estar presente em todos os cursos de Ciência da Informação em nível de graduação e pós-graduação a fim de que a exclusão social possa ser minimizada a partir do desenvolvimento de competências informacionais e a da inclusão digital.

Palavras-chave


Docência no Ensino Superior. Ciência da Informação. Ciências Humanas. Competência Informacional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2018v6n2p119–128


Indexada em: