A CULTURA DIGITAL NO COTIDIANO DAS CRIANÇAS: APROPRIAÇÃO, REFLEXOS E DESCOMPASOS NA EDUCAÇÃO FORMAL

Fernando Silvio Cavalcante Pimentel, Cleide Jane de Sá Araújo Costa

Resumo


O estudo analisa como as crianças incorporam e usam as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) em seu cotidiano, considerando que estas tecnologias estão disponíveis na atual conjuntura sócio-cultural. Compreende-se que as crianças participantes da pesquisa fazem parte da cultura digital, que apresentam especificidades e singularidades no uso das tecnologias digitais. O processo de coleta de dados com as 57 crianças, a partir da observação em suas práticas no laboratório de informática de uma escola da rede privada de ensino e contou com as seguintes técnicas: questionário; entrevista semi-estruturada; análise dos planos de aula. Para compreender as respostas, foi incorporado um olhar confrontativo para estabelecer relações entre o contexto escolar e o contexto fora da escola. A pesquisa mostrou que as crianças estão inseridas na cultura digital e que utilizam as TDIC de forma inovadora nos ambientes externos à escola.

Palavras-chave


Cultura Digital; TDIC; Aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


BANGEMANN, M., Recommendations to the European Council: Europe and the global information society, 1994. Disponível em: http://vecam.org/IMG/pdf/bangemann.pdf. Acesso em 10 fev. 2013.

BUCKINGHAM, D. Más allá de la tecnología: aprendizaje infantil en la era de la cultura digital. Buenos Aires: Manantial, 2012.

CANUTO, E.; MOITA, F. Os jogos digitais e a aprendizagem: interrelações entre o ensino e os estilos dos alunos. X SBGames - Salvador - BA, November 7th - 9th, 2011. Disponível em: http://www.sbgames.org/sbgames2011/proceedings/sbgames/papers/cult/full/92224_1.pdf. Acesso: 20 jun 2014.

CASTELLS, M. A Sociedade em rede: a era da informação: economia, sociedade e cultural. Vol 1. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

CGI.br. Pesquisa sobre o uso das tecnologías da informação e da comunicação no Brasil: TIC Domicílios e TIC Usuários 2011. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2012.

______. Pesquisa sobre o uso das Tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras: TIC Educação 2012. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013.

COLL, C.; MONEREO, C. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010.

COLL, C; MAURI, T.; ONRUBIA, J. A incorporação das tecnologias da informação e comunicação na educação: do projeto técnico-pedagógico às práticas de uso. In: COLL, C.; MONEREO, C. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 66- 93.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

KOZINETS, R. Netnografia: realizando pesquisa etnográfica online. Porto Alegre: Penso, 2014.

LEMOS, A.; CUNHA, P. (Orgs). Olhares sobre a cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2003.

LÉVY, P. O que é o virtual. São Paulo: Editora 34, 1996.

______. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

PRETTO, N.; SILVEIRA, S., Cultura digital e educação: redes já! In: ______ (Orgs.) Além das redes de colaboração: internet, diversidade cultural e tecnologias do poder. [online]. Salvador: EDUFBA, 2008. p. 75-83.

ROMANI, C. Explorando tendencias para a educação do século XXI. Cadernos de Pesquisa, v. 42, nº 147, p. 848-867. Set/dez 2012.

TAYIE, S.; PATHAK-SHELAT, M.; HIRSJARVI, I. La interacción de los jóvenes con los médios en Egito, India, Finlandia, Argentina y Kenia. Comunicar, nº39, v. xx. p 53-63. 2012.

VEEN, W.; VRAKKING, B. Educação na era digital. Revista Pátio–Educação Infantil. Porto Alegre, Ano IX, n. 28, p. 4-7, 2011.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2018v6n3p135-146


Indexada em: