A TEORIA DE BERNSTEIN: ESTADO DO CONHECIMENTO EM ARTIGOS PUBLICADOS NO BRASIL NO PERÍODO 2000-2016

Débora Silveira Barros Bezerra, Benedito Eugenio

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar o estado do conhecimento sobre a teoria do sociólogo Basil Bernstein, tomando por base os artigos publicados em revistas brasileiras, no portal Scielo, no período 2000-2016. Realizamos um estudo bibliométrico e localizamos 45 artigos, dentre os quais 11 tiveram seus resumos analisados. Os resultados podem ser úteis para futuras análises que empreguem a teoria do Bernstein como base teórica para questões relacionadas ao currículo e às práticas pedagógicas.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Wagner Ribeiro; OLIVEIRA, Andreia Maria Pereira de. A transformação dos textos dos materiais curriculares educativos por professores de Matemática: uma análise dos princípios presentes na prática pedagógica. Bolema, Rio Claro, v. 28, n. 49, p. 580-600, ago. 2014 .

BARRETO, Raquel Goulart; GUIMARAES, Glaucia Campos. O ensino da leitura no discurso pedagógico contemporâneo. Educ. Real., Porto Alegre , v. 40, n. 2, p. 573-590, jun. 2015 .

BERNSTEIN, Basil. A estruturação do discurso pedagógico: classes, códigos e controle. Petrópolis: Vozes, 1996.

BEZERRA, Débora S. B. As regras da prática pedagógica no currículo de Língua Portuguesa e Ciências na educação de jovens e adultos. Dissertação (Mestrado em Ensino). Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2018.

BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência. São Paulo: Ed. Unesp, 2005.

BUFFE, Ana L.P. Compreensão sociológica de prática pedagógica de Matemática: um olhar a partir de Basil Bernstein. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

COSTA, Teresa et al. A bibliometria e a avaliação da produção científica: indicadores e ferramentas. Anais Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas. Lisboa, 2012. Disponível em: https://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/issue/view/10. Acesso em 04abr.2018.

DAMIANI, Magda Floriana. Discurso pedagógico e fracasso escolar. Ensaio: aval.pol.públ.Educ., Rio de Janeiro , v. 14, n. 53, p. 457-478, dez. 2006 .

DAVIES, Brian. Bernstein, Durkheim e a sociologia da educação na Inglaterra. Cadernos de Pesquisa, n. 120, p. 51-74, novembro/ 2003.

DIAS, Rosanne Evangelista; ABREU, Rozana Gomes de. Discursos do mundo do trabalho nos livros didáticos do ensino médio. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 297-307, 2006.

EUGENIO, Benedito G. Política curricular para o ensino médio: permeabilidades entre contextos e a cultura da escola. Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Unicamp, Campinas, 2009.

FERREIRA, Silvia C.R. Trabalho prático em Biologia e Geologia no ensino secundário: estudo dos documentos oficiais e sua recontextualização nas práticas dos professores. Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Universidade de Lisboa, 2014.

FREITAS, Cláudia Avellar. O papel do professor na escolarização dos saberes: produção e reprodução de discursos sobre a genética mendeliana. Ens. Pesqui. Educ. Ciênc. Belo Horizonte, v. 15, n. 3, p. 97-112, dez. 2013 .

GALIAN, Claúdia Valentina Assumpção. A contribuição da teoria de Bernstein para a descrição e a análise das questões ligadas à educação. Educativa, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 239-255, jul./dez. 2008

GALIAN, Claúdia V.. A recontextualização e o nível de exigência conceitual do conhecimento escolar. Educ. Pesqui., São Paulo , v. 37, n. 4, p. 763-777, dez. 2011.

GALIAN, Cláudia Valentina Assumpção. A prática pedagógica e a criação de um contexto favorável para a aprendizagem de ciências no Ensino Fundamental. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru , v. 18, n. 2, p. 419-433, 2012 .

GALIAN, Cláudia Valentina Assumpção. A seleção do conhecimento em documentos curriculares: ciências naturais e arte. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 21, n. 67, p. 989-1007, dez. 2016 .

MAINARDES, J.; STREMEL, S. A teoria de Basil Bernstein e algumas de suas contribuições para as pesquisas sobre políticas educacionais e curriculares. Revista Teias, v.11, n.22, 2010.

MORAIS, Ana Maria; NEVES, Isabel Pestana. Estudo do posicionamento dos alunos na sua relação com o sucesso escolar. Educ. Real., Porto Alegre , v. 38, n. 1, p. 293-318, mar. 2013 .

MOROSINI, Marilia. Estado do Conhecimento e questões do campo científico. Educação Santa Maria, v.40, n.11, p. 101-116, 2015.

MOROSINI, M.; FERNANDES, C. Estado do conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação Por Escrito, v. 5, n. 2, p. 154-164, 2014.

OGLIARI, Cassiano R.N. O nível de exigência conceitual das produções dos professores no PDE: a recontextualização do conhecimento acadêmico no ensino de Matemática. Tese (Doutorado em Educação: História, Politica e Sociedade). Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

PICCOLI, Luciana. Prática pedagógica nos processos de alfabetização e de letramento: análise a partir dos campos da sociologia e da linguagem. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

PRADO, Airam da Silva; OLIVEIRA, Andréia M. P. de; BARBOSA, Jonei C. Uma análise sobre a imagem da dimensão estrutural da prática pedagógica em materiais curriculares educativos. Bolema, Rio Claro, v. 30, n. 55, p. 738-762, ago. 2016.

REZENDE, Flávia et al . Recontextualização do currículo nacional para o ensino médio de física no discurso de professores. Ens. Pesquisa Educ. Ciênc., Belo Horizonte, v. 16, n. 3, p. 55-74, dez. 2014.

SANTANA, Beatriz S. Aquisição de saberes e competências didáticas no estágio supervisionado para a formação do professor de Química. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Formação de Professores). Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequié, 2017.

SANTOS, Agda B. Caracterização de uma prática pedagógica de Química no ensino médio: aproximações e distanciamentos em torno da pedagogia mista. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Formação de Professores). Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequié, 2017.

SILVA, Maria P. G. Materiais curriculares e práticas pedagógicas no 1º. ciclo do ensino básico: estudo de processo de recontextualização e suas implicações na aprendizagem científica. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de Lisboa, Lisboa, 2009.

SOUZA, Geovania S.B. A influência do contexto social sobre a prática pedagógica de Química: uma análise na perspectiva de Basil Bernstein. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Formação de Professores). Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequié, 2015.




DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p408-423


Indexada em: