PEDAGOGIA E DIDÁTICA DE JUDITH LEÃO CASTELLO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO ESPÍRITO SANTO (1930-1937)

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n2p109-119

Autores

  • Rafaelle Flaiman Lauff Rede Estadual de Ensino do Espírito Santo
  • Regina Helena Silva Simões Universidade Federal do Espírito Santo

Publicado

2022-02-10

Downloads

Downloads

Não há dados estatísticos.

Resumo

Este estudo focaliza diretrizes e conteúdos didáticos e pedagógicos ministrados na Escola Normal Pedro II (ENPII) de Vitória, Espírito Santo, Brasil, na década de 1930, pela professora Judith Leão Castello. Utiliza como fontes textos de autoria da professora Castello e de suas alunas difundidos na imprensa capixaba – jornal Diário da Manhã e periódicos Revista de Educação e Revista Vida Capichaba. A partir do cruzamento das fontes trabalhadas, lidas também a contrapelo, analisa a atuação da professora Judith como “mediadora cultural’ (Ginzburg; Castelnuovo; Poni, 1989) no processo de formação de normalistas no âmbito da ENPII, enfatizando a formação de professores capixabas nos moldes tradicionais católicos. Por meio da análise dos textos publicados pela professora e pelas suas alunas sobre o magistério e das ações desenvolvidas pela Liga da Bondade, promovida por Castello, destaca a propagação da ordem cristã para orientar a identidade e o comportamento de futuros professores e professoras no Espírito Santo.

Biografia do Autor

Regina Helena Silva Simões, Universidade Federal do Espírito Santo

Regina Helena Silva Simões – Doutora em Educação. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Coordenadora do Núcleo Capixaba de Pesquisa em História da Educação (NUCAPHE).

Como Citar

Flaiman Lauff, R., & Silva Simões, R. H. (2022). PEDAGOGIA E DIDÁTICA DE JUDITH LEÃO CASTELLO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO ESPÍRITO SANTO (1930-1937). EDUCAÇÃO, 11(2), 109–119. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n2p109-119