APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS POR MEIO DA TEMÁTICA CORONAVÍRUS: UMA PROPOSTA PARA ENSINO DE QUÍMICA

Palavras-chave: Aprendizagem Baseada em Problemas. Coronavírus. Ensino de Química.

Resumo

A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) é uma metodologia de ensino centrada no aluno, promove o pensamento crítico, a resolução de problemas e pode apresentar resultados favoráveis no período de ensino remoto, em virtude da suspensão de atividades escolares. A ABP associada à temática Coronavírus, foi desenvolvida pelo professor da disciplina de Química, com 285 estudantes de Ensino Médio, de uma escola pública do município de São Sepé/RS. Buscou-se avaliar as percepções dos estudantes acerca das atividades, por meio do ensino remoto, comparando a ABP em relação a atividades tradicionais de ensino. Os resultados mostram que o material didático agrega conhecimento a temática atual, e juntamente com a metodologia, estimulam o envolvimento dos sujeitos na busca por respostas. A ABP aliada a temática Coronavírus, permitiu estabelecer novos saberes, o interesse dos estudantes frente as suas atividades escolares, como uma alternativa às metodologias tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Vasconcelos de Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria
Licenciado em Química pela Universidade Federal de Santa Maria Mestre em Educação em Ciências pela Universidade Federal de Santa Maria Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Químicas da Vida e Saúde/ UFSM Professor da Rede Estadual de Educação do RS
Vanessa CANDITO, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Especialista em Ciências Ambientais pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Santa Maria Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Químicas da Vida e Saúde// UFRGS Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Leonan Guerra, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Santa Maria Mestre em Educação em Ciências pela Universidade Federal de Santa Maria Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Químicas da Vida e Saúde// UFRGS Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Maria Rosa Chitolina Schetinger, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul Mestre em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Doutora em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná – UFPR Pós-doutora no Albert Einstein College of Medicine/USA Professora titular da Universidade Federal de Santa Maria

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011

BRASIL. Lei n. 9.394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: Ministério da Educação, [1996]. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1996/lei-9394-20-dezembro-1996-362578-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em:13 de maio, 2020.

BRASIL. Medida provisória n° 934, de 01 de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Brasília, DF: Ministério da Educação, [2020]. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/medida-provisoria-n-934-de-1-de-abril-de-2020-250710591. Acesso em: 16 de maio, 2020.

CARVALHO, C. J. A. 2009. O Ensino e a Aprendizagem das Ciências Naturais através da Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas: um estudo com alunos de 9º ano, centrado no tema Sistema Digestivo. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Minho, 2009.

CYRINO, E. G.; TORALLES-PEREIRA, M. L. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizado por descoberta na área da saúde: a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, n. 3, p. 780-788, 2004

DELISLE, R. Como realizar a Aprendizagem Baseada em Problemas. Porto: ASA, 2000.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 41 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

MARKS, R.; EILKS, I. Promoting scientific literacy using a socio-critical and problem-oriented approach in chemistry education: concept, examples, experiences.

International Journal of Environmental and Science Education, v. 4, p. 131–145, 2009.

No Dia da Educação, UNESCO chama atenção para urgência de enfrentar desafios impostos pela COVID-19. Site da ONU, abr. 2020. Disponível em: https://nacoesunidas.org/no-dia-da-educacao-unesco-chama-atencao-para-urgencia-de-enfrentar-desafios-impostos-pela-covid-19/. Acesso em: 13 maio, 2020.

O’GRADY, G. et al. One-day, One-problem. An approach to Problem-Based Learning. Singapore: Springer, 2012.

RIBEIRO, L. R. C. Aprendizado baseado em problemas. São Carlos: UFSCAR; Fundação de Apoio Institucional, 2008.

SALVADOR, C. C. et al. Psicologia da educação. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

SANTOS, W. L. P. Contextualização no Ensino de Ciências por meio de temas CTS em uma Perspectiva Crítica. Ciência & Ensino, v. 1, número especial, 2007.

SAVIN-BADEN, M.; MAJOR, C. Foundations of Problem-Based Learning. New York: Open University Press. 2004.

SOUZA, S. C.; DOURADO, L. Aprendizagem baseada em problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. Holos, ano 31, v. 5, p. 182-200, 2015.

TOMAZ, J. B. O desenho de currículo. In: MAMEDE, S.; PENAFORTE, J. (Org.). Aprendizagem baseada em problemas: anatomia de uma nova abordagem educacional. Fortaleza: Hucitec, 2001. p. 109-139. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-07/mais-de-um-terco-dos-domicilios-brasileiros-nao-tem-acesso-internet. Acesso em: 16 de maio, 2020.

Três em cada quatro brasileiros já utilizam a Internet, aponta pesquisa TIC Domicílios 2019. CGI.BR, maio, 2020. Disponível em: https://www.cgi.br/noticia/releases/tres-em-cada-quatro-brasileiros-ja-utilizam-a-internet-aponta-pesquisa-tic-domicilios-2019/ Acesso em: 15 maio, 2020

Publicado
2020-09-06
Como Citar
de Oliveira, F. V., CANDITO, V., Guerra, L., & Schetinger, M. R. C. (2020). APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS POR MEIO DA TEMÁTICA CORONAVÍRUS: UMA PROPOSTA PARA ENSINO DE QUÍMICA. Interfaces Científicas - Educação, 10(1), 110-123. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p110-123