A ESCOLA COMO ESPAÇO-TEMPO DE CONHECIMENTO E DE VIVÊNCIA DOS DIREITOS HUMANOS

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n3p108-122

Autores

  • Eldon Henrique Mühl Universidade de Passo Fundo -RS
  • Elisa Mainardi Universidade de Passo Fundo

Palavras-chave:

Palavras-Chave, educação, direitos humanos, escola, processo formativo.

Publicado

2022-07-18

Downloads

Downloads

Não há dados estatísticos.

Edição

Seção

Artigos

Resumo

Resumo: A educação escolar tem sido desafiada a promover formação integral do ser humano, o que requer uma educação para o reconhecimento dos direitos humanos de todos os indivíduos. Para tanto, dois desafios se apresentam à escola: primeiro, desenvolver um repertório de saberes e fazeres que leve a perceber e a compreender a realidade de violação de direitos humanos no contexto que ela atua e no seu próprio interior; segundo, estabelecer um processo pedagógico capaz de mobilizar alunos, professores, administradores, pais e toda a comunidade escolar, a agir na defesa e na promoção dos direitos humanos de todos os indivíduos. O presente texto apresenta, inicialmente, algumas diretrizes sobre a educação em direitos humanos e, na sequência, partindo de alguns registros de discussões pedagógicas com professores envolvidos na elaboração do projeto político pedagógico escolar, analisa algumas concepções teóricas e práticas de professores sobre direitos humanos, destacando as dificuldades de compreensão e a resistência que manifestam acerca do tema. A conclusão aponta para a necessidade do desenvolvimento de um processo formativo que promova, oriente e desenvolva a educação em direitos humanos nas escolas como uma prática cotidiana e com o envolvimento de todos os indivíduos da comunidade escolar.

Biografia do Autor

Eldon Henrique Mühl, Universidade de Passo Fundo -RS

Doutor em Educação pela Unicamp-SP, Professor da Faculdade de Educação da Universidade de Passo Fundo e do Programa de Pós-Graduação em Educação

Elisa Mainardi, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Ensino em Ciências pela Universidade de Ijuí-RS, professora da Faculdade de Educação da Universidade de Passo Fundo-RS.

Como Citar

Mühl, E. H., & Mainardi, E. (2022). A ESCOLA COMO ESPAÇO-TEMPO DE CONHECIMENTO E DE VIVÊNCIA DOS DIREITOS HUMANOS. EDUCAÇÃO, 11(3), 108–122. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2022v11n3p108-122

Referências

BITTAR. Eduardo C. B. Educação e metodologia para os direitos humanos: cultura democrática, autonomia e ensino jurídico. In: SILVEIRA. Rosa Maria Godoy. (Org.) Educação em Direitos Humanos: Fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007.

BRASIL. Lei n. 9.394/96- Estabelece as diretrizes e bases da educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Plano Nacional de Educação e Direitos Humanos. Brasília: Secretaria Especial de Direitos Humanos, Ministério da Educação/Ministério da Justiça e Unesco, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução Nº 1/2012. Estabelece Diretrizes Nacionais para Educação em Direitos Humanos. Diário Oficial da União. Brasília-DF, 30/05/2012.

BRASIL.Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação.Parecer CNE/CP 008/2012 - Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos. Diário Oficial da União. Brasília-DF, 06 de março de 2012.

CANDAU. Vera Maria. Educação em direitos Humanos no Brasil: realidades e perspectivas. In: CANDAU, Vera Maria; SACAVINO, Suzana. (Orgs.) Educar em direitos humanos: construir democracia. 2 ed., Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

DIMENSTEIN. Gilberto. Democracia em pedaços: Direitos Humanos no Brasil. 2 ed., São Paulo: Companhia da Letras,1996.

HUMAN RIGHTS WATCH. Relatório Mundial 2020. Disponível em https://www.hrw.org/pt/world-report/2020. Acessado em 24/01/2020

SADER, Emir. Contexto histórico e educação em direitos humanos no Brasil: da ditadura à atualidade. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy. (Org.) Educação em Direitos Humanos: Fundamentos teórico- metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007.