POLÍTICAS PÚBLICAS E EVASÃO: ACESSO AO ENSINO SUPERIOR, ÀS LICENCIATURAS. SIM! MAS, E DEPOIS?

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3828.2021v10n3p292-305

Autores

  • Marilene Francieli Wilhelm UNIOESTE
  • Marli Terezinha Szumilo Schlosser UNIOESTE

Palavras-chave:

políticas públicas. inserção/afirmação. ensino superior. licenciaturas.

Publicado

2021-09-01

Downloads

Downloads

Não há dados estatísticos.

Edição

Seção

Artigos

Resumo

As políticas de ingresso e afirmação situam-se no cerne do debate educacional e visam garantir oportunidades de acesso e permanência no ensino superior. Este artigo visa analisar as principais políticas públicas de inserção e afirmação no ensino superior brasileiro, em especial nas licenciaturas, os desafios relacionados à permanência dos discentes na Universidade, e a relação com a evasão acadêmica. O percurso metodológico que respalda a discussão alicerça-se a partir de pesquisa qualitativa e análise documental na área educacional. Como maneira de tratar as informações acerca do assunto, utiliza-se quadros para explicar as características, imprecisões e ações governamentais das políticas públicas de acesso e afirmação no ensino superior e nas licenciaturas. Como resultado ressalta-se o percurso de estruturação governamental para além da inserção no ensino superior, mas o alcance de uma educação firmada em princípios que possibilitam a construção da identidade oposta ao assistencialismo, à formação aligeirada, a fragilidade técnica, com o intuito de atender as necessidades econômicas, políticas e sociais vigentes.

Biografia do Autor

Marilene Francieli Wilhelm, UNIOESTE

Pedagoga/Professora de Geografia da rede estadual de ensino, Pós graduada em Neuroaprendizagem e Tecnologia da Informação na educação, Mestre em Geografia pela UNIOESTE/ Francisco Beltrão/PR, Linha Educação e Ensino; Doutoranda em Geografia pela UNIOESTE/ Francisco Beltrão/PR, Linha Educação e Ensino.

Marli Terezinha Szumilo Schlosser, UNIOESTE

Doutora em Geografia, professora do Colegiado de Geografia do campus de Marechal Cândido Rondon PR e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Geografia - Mestrado/Doutorado no campus de Francisco Beltrão PR, ambos da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Integrante do Laboratório de Ensino de Geografia (LEG) e da Linha/Grupo de Pesquisa Ensino e Práticas de Geografia (ENGEO), cadastrado junto à UNIOESTE, número 34953/2011

Como Citar

Wilhelm, M. F., & Schlosser, M. T. S. (2021). POLÍTICAS PÚBLICAS E EVASÃO: ACESSO AO ENSINO SUPERIOR, ÀS LICENCIATURAS. SIM! MAS, E DEPOIS?. EDUCAÇÃO, 10(3), 292–305. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2021v10n3p292-305

Referências

ALVES, P.A.C. ENEM como política pública de avaliação Rio de Janeiro. 2009. 102 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009. Disponível em: <http://www.ppfh.com.br/wp-content/uploads/2014/01/D_DissertPauloAfonsoENEM.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2018.

ANDRÉ, M.E.D.A. Texto, contexto e significado: algumas questões na análise de dados qualitativos. Cadernos de pesquisa [periódico na internet], v. 45, n. 1, p. 66-71, 1983. Disponível em:<http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/1491>. Acesso em: 15 abr. 2018.

ARAUJO, R.M.L. Instituições de formação profissional – história e perspectivas: o projeto da nova institucionalidade da educação profissional brasileira dos anos 1990. Rev. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, mar. 2014, v.22, n.82. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362014000100010>. Acesso em:20 mar. 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. Organização do texto: Juarez de Oliveira. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 1990. 168 p. (Série Legislação Brasileira).

_______.Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.html>. Acesso em: 10 mar. 2018.

_______. Portaria MEC nº 438, 28 de maio de 1998. Institui o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. Ministério da Educação. Brasília: DF, 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2018.

_______. Lei nº 10.260, 12 de julho de 2001. Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao estudante do Ensino Superior e dá outras providências. Brasília, DF, 13 jan. 2014. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2001/lei-10260-12-julho-2001-329619-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso em: 10 fev. 2018.

_______.Lei no11.096, 13 de janeiro de 2005. Institui o Programa Universidade para Todos - PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior; altera a Lei no 10.891, de 9 de julho de 2004, e dá outras providências. Brasília, DF, 13 jan. 2014. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11096.htm>. Acesso em: 24 abr. 2018.

_______. Prodocência. Ministério da Educação, Brasília-DF, [página na internet]. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/prodocencia>. Acesso em: 20 de fev. 2018.

_______Lei nº 11.273, de 6 de fevereiro de 2006. Autoriza a concessão de bolsas de estudo e de pesquisa aparticipantes de programas de formação inicial e continuada de professores para a educação básica. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11273.htm. Acesso em: 16 jan. 2018.

_______. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Brasília, DF, 15 jan. 2015. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm>. Acesso em: 22 fev. 2018.

_______.PIBID – Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Ministério da Educação, CAPES, Brasília-DF, 2008. Disponível em:<http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid/pibid>. Acesso em: 20 de fev. de 2018.

_______.Portaria Normativa nº 438, 26 de janeiro de 2010. Institui e regulamenta o Sistema de Seleção Unificada, sistema informatizado gerenciado pelo Ministério da Educação, para seleção de candidatos a vagas em cursos de graduação disponibilizadas pelas instituições públicas de educação superior dele participantes. Ministério da Educação. Brasília, DF, 2010. Disponível em: http://sistemas.ufersa.edu.br/concursos/view/publico/uploads/publicacoes/54/Portaria%20Normativa%2002,%2026%20de%20janeiro%20de%202010.pdf. Acesso em: 16 jan. 2018.

_______. Decreto nº 7.234, 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil - PNAES Brasília, DF, 15 jan. 2015. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7234.htm>. Acesso em: 22 fev. 2018.

_______.Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12711.htm. Acesso em: 16 jan. 2018.

_______.Portaria Nº- 389, de 9 de maio de 2013. Cria o Programa de Bolsa Permanência e dá outras providências. Disponível em: http://portal.mec.gov.br › docman › 68911-portaria-389-09052013. Acesso em: 16 jan. 2018.

_______.Portaria nº 38, de 28 de fevereiro de 2018. Institui o Programa de Residência Pedagógica. Disponível em: http://www.lex.com.br/legis_27619784_PORTARIA_N_38_DE_28_DE_FEVEREIRO_DE_2018.aspx. Acesso em: 16 jan. 2018.

CARVALHO, C.H.A. Finanças Públicas, Renúncia Fiscal e o Prouni no Governo. Rev. Impulso, Piracicaba, v. 16, n. 40, p. 93-104, 2005. Disponível em: . Acesso em 23 set. 2017.

COORDENAÇÃO NACIONAL DE ENTIDADES PELA REVOGAÇÃO DO REUNI. Dossiê-denúncia das consequências do REUNI. 2ed. jan. 2009. Disponível em:<https://www.senado.gov.br/comissoes/CE/AP/AP20090422_REUNI_CarolinaPinhoeMa%C3%Adra%20Gentil-b.pdf>. Acesso em: 25 abr. 2018.

CORBUCCI, P.R. Financiamento e democratização do acesso à educação superior no Brasil: da deserção do Estado ao projeto de reforma. Rev. Educação & Sociedade, Campinas, v.25, n.88, out 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302004000300003>. Acesso em: 10 jan. 2018.

MARIZ, S.D. O Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES): uma reflexão sobre sua implementação na UFPB. 2014. 97 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014. Disponível em: <http://tede.biblioteca.ufpb.br/bitstream/tede/7239/1/arquivototal.pdf>. Acesso em: 15 fev. 2017.

MÉSZÁROS, I. A educação para além do capital. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

SAVIANI, D. Sistema Nacional de Educação articulado ao Plano Nacional de Educação. Universidade. Rev. Brasileira de Educação, v.15 n. 44, mai/ago 2010. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v15n44/v15n44a13.pdf>. Acesso em 25 set 2017.

SOUZA, C. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. Rev. Sociologias, Porto Alegre, ano 8, n. 16, p. 20-45, ano 8, nº 16, jul/dez 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/soc/n16/a03n16>. Acesso em: 10 set. 2017.

SOUZA, V.C. Política de formação de professores para a educação básica a questão da igualdade. Rev. Bras. de Educação, Brasília, v.19 n.58, 629-653, jul/set 2014. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v19n58/06.pdf>. Acesso em: 09 mar. 2018.

WILHELM. M. F. A Evasão dos Cursos de Licenciatura em Geografia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). 2019. 185 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Francisco Beltrão-PR.