RELEVÂNCIA E LIMITAÇÕES DO ENSINO DO MANDARIM EM PORTUGAL: UMA BREVE ANÁLISE

  • Yuxiong Zhang Universidade de Aveiro Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian
  • António Moreira Universidade de Aveiro

Resumo

O presente estudo tem como principal escopo evidenciar a importância e as limitações existentes no ensino do Mandarim em Portugal com base num estudo específico referente aos estudantes do segundo ano do curso de Línguas e Relações Empresariais da Universidade de Aveiro. À visto disso, um questionário elementar foi aplicado com os objetivos principais de conceber o motivo de aprendizagem dos estudantes, investigar a possibilidade do uso da língua-alvo na sua rotina quotidiana e compreender a sua consciência do uso de múltiplas estratégias. Os resultados indicaram que o domínio do Mandarim é importante para a empregabilidade em Portugal no contexto de hoje. Contudo, a sua aprendizagem ainda se mantém na memorização da gramática e caracteres e muitos estudantes não estão conscientes da importância do uso da língua-alvo no contexto social, relevando, portanto, a necessidade de prestar atenção à criação das competências orais no ensino e inovação dos materiais didáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yuxiong Zhang, Universidade de Aveiro Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian
Doutorando em Multimédia em Educação pela Universidade de Aveiro, Portugal. Mestre em Línguas, Literaturas e Culturas pela mesma universidade. Professor Assistente do Departamento de Estudos Espanhois e Portugueses da Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian, China.
António Moreira, Universidade de Aveiro
Doutorado em Didática de Línguas Estrangeiras pela Universidade de Aveiro, Professor Associado do Departamento de Educação e Psicologia da mesma universidade.

Referências

ALIAS, A. A.; MANAN, N. A. A.; YUSOF, J.; PANDIAN, A. The use of Facebook as language learning strategy (LLS) training tool on college students’ LLS use and academic writing performance. Procedia - Social and Behavioral Sciences, v. 67, p. 36-48, dez. 2012. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.sbspro.2012.11.305>. Acesso em: 11 jan. 2019.

CARDOSO, A. I. C. O ensino de chinês a crianças: dificuldades e estratégias de ensino. 2014. 54f. Relatório de estágio (Mestrado em Estudos Interculturais Português/Chinês: Tradução, Formação e Comunicação Empresarial)-Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universide do Minho, Braga, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/1822/33084>. Acesso em: 11 jan. 2019.

DAI, Q.; MIAO, D. On difficulties of second language teaching. Han Yu Xue Xi, v. 5, p. 96-101, out. 2008. Disponível em: <http://www.ixueshu.com/document/905a1d30eedb3545.html>. Acesso em: 11 jan. 2019.

HILL, M. M.; HILL, A. A Construção de Um Questionário. S. l.: DINÂMIA. 1998. Disponível em: <https://repositorio.iscte-iul.pt/bitstream/10071/469/4/DINAMIA_WP_1998-11.pdf>. Acesso em: 11 jan. 2019.

LAFFORD, B. A. Toward an Ecological CALL: Update to Garrett (1991). The Modern Language Journal, v. 93, n. 1, p. 673-696, dez. 2009. Dispon]ivel em: < https://doi.org/10.1111/j.1540-4781.2009.00966.x>. Acesso em: 11 jan. 2019.

LIU, Y.; ZHAO, S. Coding the transformation of Chinese pedagogical practices in Singapore primary schools: A study of experiment. The American Educational Research Association (AERA) 2008 Annual Meeting, p. 1-23, mar. 2008. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10497/3331>. Acesso em: 11 jan. 2019.

MAI, R. Ensino de chinês a falantes de português: o caso da Universidade de Aveiro. 2012. 482 f. Tese (Doutoramento em Linguística)-Departamento de Línguas e Culturas, Universidade de Aveiro, Aveiro, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10773/9842>. Acesso em: 11 jan. 2019.

MENDES, F. R. N. Importância de manuais escolares na aprendizagem de línguas estrangeiras por jovens adultos: o caso do mandarim. 2016. 205f. Dissertação (Mestrado em Estudos Interculturais Português/Chinês: Tradução, Formação e Comunicação Empresarial)-Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universide do Minho, Braga, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/1822/44340>. Acesso em: 11 jan. 2019.

MOUTA, I. C. Z. O ensino de chinês no ensino básico em São João da Madeira. 2015. 129f. Dissertação (Mestrado em Estudos Chineses)-Departamento de Línguas e Culturas, Universidade de Aveiro, Aveiro, 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10773/16574>. Acesso em: 11 jan. 2019.

NOBRE, A. 1, 2, 3... seis mil lojas do chinês. Economia. jun. 2015. Disponível em: <https://expresso.pt/economia/2015-06-14-1-2-3.-seis-mil-lojas-do-chines>. Acesso em: 11 jan. 2019.

O’ MALLEY, J. M.; CHAMOT, A. U. Learning Strategies in Second Language Acquisition. Cambridge: Cambridge University Press. 1990.

TEDICK, D. J.; WALKER, C. L. From theory to practice: How do we prepare teachers for second language classrooms? Foreign Language Annals, v. 28, n. 4, p. 499-517, dez. 1995. Disponível em: <https://doi.org/10.1111/j.1944-9720.1995.tb00823.x>. Acesso em: 11 jan. 2019.

TOVAR, R. S. S. Ensino de chinês: matérias, dificuldades, técnicas e práticas. 2015. 67f. Relatório de estágio (Mestrado em Estudos Interculturais Português/Chinês: Tradução, Formação e Comunicação Empresarial)-Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universide do Minho, Braga, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/1822/35791>. Acesso em: 11 jan. 2019.

TUCKMAN, B. W. Manual de Investigação em Educação. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 2002.

VYGOTSKY, L. Mind in society: The development of higher psychological processes. Cambridge: Harvard University Press. 1978.

WONG, L.; CHAI, S.; AW, G. Seamless language learning: Second language learning with social media. Media Education Research Journal, v. 25, n. 50, p. 9-21, jan. 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.3916/C50-2017-01>. Acesso em: 11 jan. 2019

WONG, L.; KING, R. B.; CHAI, C.; LIU, M. Seamlessly learning Chinese: contextual meaning making and vocabulary growth in a seamless Chinese as a second language learning environment. Instructional Science, v. 44, n. 5, p. 399-422, ago. 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.1007/s11251-016-9383-z>. Acesso em: 11 jan. 2019.

XI, J. Uma amizade que transcende o tempo e o espaço, uma parceria voltada para o futuro. Jornal de Notícias. dez. 2018. Disponível em: <https://www.jn.pt/nacional/especial/interior/xi-jinping-uma-amizade-que-transcende-o-tempo-e-o-espaco-uma-parceria-voltada-para-o-futuro-10268084.html>. Acesso em 11 jan. 2019.

YEN, Y.; HOU, H.; CHANG, K. Applying role-playing strategy to enhance learners’ writing and speaking skills in EFL courses using Facebook and Skype as learning tools: a case study in Taiwan. Computer Assisted Language Learning, v. 28, n. 5, p. 383-406, out. 2013. Disponível em: <https://doi.org/10.1080/09588221.2013.839568>. Acesso em: 11 jan. 2019.

Publicado
2020-08-19
Como Citar
Zhang, Y., & Moreira, A. (2020). RELEVÂNCIA E LIMITAÇÕES DO ENSINO DO MANDARIM EM PORTUGAL: UMA BREVE ANÁLISE. Interfaces Científicas - Educação, 8(3), 378-392. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p378-392
Seção
Artigos