ESTUDANDO NOVAS ROTAS PARA PROBLEMATIZAR O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO CONTEMPORÂNEO E SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE

  • Simone Leal Schwertl Doutorado em Educação Científica e Tecnológica (2016) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) . Atualmente é professora titular da Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB). Professora credenciada no Programa de Pós Graduação em Ciências e Matemática (PPGECIM/FURB). Integrante do Grupo de Pesquisa Mídia-Educação e Comunicação Educacional (COMUNIC/UFSC) e do Grupo Ensino de Ciências Naturais e Matemática (FURB), bem como do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Tecnológica (NEPET/UFSC).
  • Walter Antonio Bazzo Doutorado em Educação (1998) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor Titular na UFSC no Curso de Graduação em Engenharia Mecânica e no Programa de Pós Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT). Fundador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Tecnológica (NEPET) é hoje seu coordenador.
  • Andrea Brandão Lapa Professora da Universidade Federal de Santa Catarina, credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) do Centro de Ciências da Educação.Participa e lidera o grupo de pesquisa COMUNIC, com pesquisa em temas como: redes sociais e a formação do sujeito; educação mediada por TIC, formação de professores para a integração de tecnologias, a docência na EaD. Coordena o Núcleo UFSC no projeto em rede ?Política, tecnologia e interação social na educação? (apoio OBEDUC/CAPES) e também a pesquisa “Educação e Tecnologia: investigando o potencial dos espaços sociais virtuais para a formação do sujeito e a produção coletiva de conhecimento” (apoio CNPq). É vice-coordenadora do Laboratório de Novas Tecnologias, que atua no desenvolvimento de materiais, avaliação e formação de professores, tutores e equipes de cursos de formação de professores na modalidade a distância da UFSC.
Palavras-chave: Desenvolvimento científico e tecnológico. Impactos na sociedade. Diálogo tradutor. Espaços sociais virtuais.

Resumo

O presente texto apresenta: (i) Diretrizes para promover intervenções pedagógicas voltadas para a problematização do desenvolvimento científico e tecnológico contemporâneo e seus impactos na sociedade em três perspectivas: (a) como diretrizes para promover uma formação crítica acerca das relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade; (b) como aporte pedagógico para uma formação crítica e (c) como possibilidades dos espaços sociais da Web 2.0 para educação. (ii) O desenho de uma intervenção pedagógica. (iii) Parte da análise crítico- -reflexiva realizada a partir dos dados produzidos ao longo da intervenção pedagógica. A fundamentação teórica centra-se no Movimento CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), na Alfabetização Científica e Tecnológica; na pedagogia da liberdade de Freire e na sua transposição para o ensino de ciências; na pedagogia crítica de Henry Giroux e em autores que discutem a cibercultura no contexto da educação. Destaca-se deste estudo o reconhecimento da imbricada relação colaboração/confiança necessária para promover, com apoio dos espaços sociais da Web 2.0, rupturas para a melhor compreensão social de temáticas marcadas por Ciência e Tecnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-10-14
Como Citar
Schwertl, S. L., Bazzo, W. A., & Lapa, A. B. (2017). ESTUDANDO NOVAS ROTAS PARA PROBLEMATIZAR O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO CONTEMPORÂNEO E SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE. Interfaces Científicas - Educação, 6(1), 149-162. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2017v6n1p149-162
Seção
Dossiê