LITERATURA DIGITAL E CONVERGÊNCIAS NA ESCOLA: O QUE EXPRESSAM AS CRIANÇAS AO INTERGIR COM NARRATIVAS NOS DISPOSITIVOS MÓVEIS?

  • Camila Gomes Santos da Silva Universidade do Estado da Bahia - UNEB/Campus VIII. http://orcid.org/0000-0003-2802-4576
  • Vinicius Silva Santos Universidade Federal de Sergipe - UFS/ Universidade do Estado da Bahia - UNEB/Campus VIII.
Palavras-chave: Literatura Digital, Dispositivos, Crianças, Escola.

Resumo

Esse artigo tem como objetivo descrever as principais expressões utilizadas pelas crianças sobre a experiência de imersão com narrativas digitais vivenciadas numa oficina de literatura digital, de modo a revelar as concepções das crianças sobre as interações estabelecidas com as narrativas literárias digitais, suas possibilidades de criação, colaboração e aprendizagens com essas linguagens. Esse trabalho faz parte dos estudos e pesquisas realizados no Grupo de Pesquisa de Formação de Professores, Educação e Contemporaneidade- FORPEC/UNEB/CNPq. A pesquisa foi realizada com a participação de 20 crianças com idade entre 05 a 06 anos. A metodologia da pesquisa utilizada é de natureza qualitativa, inspirada na pesquisa multirreferencial, proposta por Macedo (2010, 2015). Os instrumentos de coleta de informações foram: roda de conversa, observação e filmagem etnográfica. Os resultados desse estudo dão destaque as narrativas digitais de comunicação como sendo potencializadoras das aprendizagens na formação de leitores infantis por meio das expressões utilizadas pelas crianças durante a experiência de imersão com os enredos literários de natureza digital na escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Gomes Santos da Silva, Universidade do Estado da Bahia - UNEB/Campus VIII.
Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) - Campus VIII. Pós-graduanda Lato Sensu em Gestão Educacional. Concluiu o curso de Formação de Professores Médio - Normal no Colégio Estadual Democrático Quitéria Maria de Jesus (2013). Possui cursos de LIBRAS e atuação na Educação de Surdos na modalidade EJA. Membro do FORPEC - Grupo de Pesquisa em Formação de Professores, Educação e Contemporaneidade UNEB/CNPq. Tem interesse por pesquisas que dialogam nas seguintes áreas: Educação, Tecnologias Digitais e Aprendizagens mediadas pelas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação - TDIC, Cultura Digital, Narrativas Digitais, Literatura Digital, Educação Inclusiva e Libras - Língua Brasileira de Sinais.
Vinicius Silva Santos, Universidade Federal de Sergipe - UFS/ Universidade do Estado da Bahia - UNEB/Campus VIII.
Licenciado em Pedagogia com habilitação em Docência e Gestão de Processos Educativos pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB. É Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe -UFS. É Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Sergipe - UFS. Têm experiência na área de educação, com ênfase na formação de professores, processos culturais e aprendizagens mediados pelas tecnologias da informação e da comunicação É professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia- UNEB, Campus VIII/Paulo Afonso, atuando supervisor de Estágio Supervisionado em Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Atuou como Coordenador do Colegiado do Curso de Pedagogia da Universidade do Estado da Bahia -UNEB/Campus VIII. É Membro líder do FORPEC- Grupo de Pesquisa em Formação de Professores, Educação e Contemporaneidade UNEB/CNPq e membro pesquisados do Grupo de Estudos e Pesquisa em Informática na Educação - Gepied UFS/CNPq.

Referências

CHARTIER, R. As revoluções da leitura no ocidente. In: ABREU, M. (Org.). Leitura, história e história da leitura. São Paulo: Mercado de Letras, 2002. p. 19-31.

CUNHA, Maria Zilda da. A tessitura dos signos contemporâneos: novos olhares para a literatura infantil e juvenil. São Paulo: Editora Humanitas; Paulinas, 2009.

FERNANDES, Adriana Hoffmann. Infância e cultura: o que narram as crianças na contemporaneidade? Brasil, 2009. 241 f.Tese (Doutorado em Educação), Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.

GREENFIELD, Patrícia Marks. O desenvolvimento do raciocínio na era da eletrônica: os efeitos da TV, computadores e videogames. [Tradução de Cecília Bonamine]. São Paulo: Summus, 1988. (Novas buscas em educação; v. 32).

JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. Tradução Suzana Alexandria.2. Ed. São Paulo: Aleph, 2009.

KIRCHOF, Edgar Roberto. O desaparecimento do autor nas tramas da literatura digital: uma reflexão foucaultiana. Revista Signo, Santa Cruz do Sul, v. 34, n. 56, p. 47-63. jan./ jun. 2009. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/article/view/962. Acesso em: 07 Agosto de 2020.

LEVIN, Esteban. Rumo a uma infância virtual?: a imagem corporal sem corpo. Tradução de Ricardo Rosenbusch. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MACEDO, Roberto Sidnei. Etnopesquisa crítica/Etnopesquisa-formação. Brasília: Líber Livro, 2010.

MACEDO, Roberto Sidnei. Pesquisar a Experiência: compreender/mediar saberes experienciais. Curitiba- PR: CRV, 2015.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SANTOS, Vinicius Silva; OLIVEIRA, Bruna Santana; SCHNEIDER, Henrique Nou. A Utilização das TDIC o Desenvolvimento da Aprendizagem Infantil na Escola: apontamentos iniciais e exploratórios sobre o uso das TDIC por crianças In: XII Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade. São Cristóvão, 2018.

SANTOS, Vinicius Silva; SANTOS, Jacques Fernandes; NUNES, Andrea. Karla. Ferreira Nunes Tecnologias Digitas de Informação e Comunicação - TDIC e Currículo Escolar: reflexões sobre a aprendizagem na cultura juvenil contemporânea. In: XII Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade. São Cristóvão, 2018.

VIGOTSKY, Lev. Semenovich. A formação Social da Mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. Org. Michael Cole... [et al]; tradução José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto, Solange Castro Afeche. 7ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Publicado
2020-11-16
Como Citar
Silva, C. G. S. da, & Santos, V. S. (2020). LITERATURA DIGITAL E CONVERGÊNCIAS NA ESCOLA: O QUE EXPRESSAM AS CRIANÇAS AO INTERGIR COM NARRATIVAS NOS DISPOSITIVOS MÓVEIS?. Interfaces Científicas - Educação, 10(2), 25-36. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n2p25-36