ATUAÇÃO DO(A) PEDAGOGO(A) EM PRÁTICAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE EM CONTEXTOS EDUCATIVOS NÃO ESCOLARES

José Leonardo Rolim de Lima Severo, Negla Santos Queiroga

Resumo


O artigo apresenta dados e reflexões de uma pesquisa que teve como objetivo investigar finalidades e características que configuram a atuação de pedagogos(as) no contexto da Educação Não Escolar para a promoção da saúde em instituições localizadas na cidade de João Pessoa - Paraíba. Os elementos teóricos se configuram através das concepções do sentido da Pedagogia enquanto Ciência da Educação, do campo da Educação Não Escolar e dos processos de Promoção da Saúde. O desenho metodológico do estudo empírico incluiu mapeamento de instituições, aplicação de questionário estruturado e realização de entrevistas semiestruturadas junto a 8 (oito) pedagogas. Os dados foram tratados através da Análise Categorial de Conteúdo. Foi possível refletir sobre elementos da formação acadêmica, identidade profissional e trabalho pedagógico das pedagogas atuantes em espaços não escolares para a promoção da saúde, apontando para a necessidade de que os currículos dos cursos de Pedagogia sejam fundamentados uma base formativa mais ampla e inclusiva, orientada para diferentes formas de manifestação do trabalho pedagógico.

Palavras-chave


Pedagogia; Pedagogo(a); Educação Não Escolar; Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Cristovam da Silva; GATTI, Bernadete; Cunha, Delcimar de O. et al. Identidade profissional de professores: um referencial para pesquisa. Educação e Linguagem, Perdizes, Editora Metodista, Ano 10, n.15, Jan./Jun., 2007.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Graduação em Pedagogia. Resolução n°1 de 15 de maio de 2006. Brasília: MEC, 2006.

______. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Caderno de educação popular e saúde. Brasília, 2007. 160 p. (Série B: Textos Básicos de Saúde).

______. Ministério da Saúde. Portal do Ministério da Saúde. Disponível em: . Acesso em: 01 de Agosto de 2018.

CARO, Sueli Maria Pessagno; CAMOSSA, Denise Amaral. Promoção em saúde e educação sociocomunitaria. Série-Estudos - Periódico do Programa de Pós-Graduação em Educação da UCDB, [S.l.], p. 107-128, nov. 2014. ISSN 2318-1982. Disponível em: . Acesso em: 18 fev. 2018.

HOUSSAYE, Jean. Para uma definição da pedagogia. In: HOUSSAYE, Jean. SOËTARD, Michel. HAMELINE, Daniel. FABRE, Michel. Manifesto a favor dos pedagogos. Porto Alegre: Artmed, p. 9 - 45, 2004.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar em Revista. Curitiba, Editora da UFPR, Educar, n. 17, p. 153-176. 2001.

MEYER, Dagmar Estermann; FELIX Jeane; VASCONCELOS Michele de Freitas. Por uma educação que se movimente como maré e inunde os cotidianos de serviços de saúde. Interface, Botucatu, 2013.

MOURA, Eliane Perez Gonçalves de; ZUCCHETTI, Dinora Tereza. Socialização escolar, educação não escolar e (con)formação de sujeitos. Revista Contrapontos - Eletrônica, Vol. 14, n. 2, p. 339 – 352, Mai./Ago., 2014.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento. Metodologia de Pesquisa Social (Qualitativa) em saúde. Rio de Janeiro; 1989. [Tese de doutorado – Escola Nacional de Saude Pública da Fiocruz].

SERRANO, Francisco José del Pozo. Educación Social para la Salud: Proyección, acción y profesilionalización. Revista médica de Risaralda, Risaralda, Revistas UTP, vol. 19, n. 1, Abril, 2013.

SEVERO, José Leonardo Rolim de Lima. Pedagogia e Educação Não Escolar no Brasil: critica epistemológica, formativa e profissional. 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Paraíba.

______. Educação não escolar como campo de práticas pedagógicas. Rev. Bras. Estud. Pedagog., Brasília, v. 96, n. 244, p. 561-576, Dec. 2015.

SHIMITZ, Taís. O pedagogo e a educação contemporânea: muitos desafios. Curitiba: Intersaberes, cap. 1, p.13 - 25, 2013.

VINCENT, Guy; LAHIRE, Bernard; THIN, Daniel. Sobre a história e a teoria da forma escolar. Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 33, p. 7-47, 2001.




DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p55-68


Indexada em: