CONTRIBUIÇÕES DA MONITORIA ACADÊMICA NA FORMAÇÃO DOCENTE DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

  • JONES BARONI FERREIRA DE MENEZES UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
  • FRANCISCA DANIELA LIRA MOTA
Palavras-chave: Biologia, Docência, Formação

Resumo

A participação em programas de contribuição para a formação docente, como o projeto de monitoria acadêmica contribui para o discente desenvolver sua própria didática e favorecer sua formação, realizando atividades de pesquisa ensino e extensão, complementando o papel do docente e criando uma relação bilateral de aprendizagem. Assim o presente trabalho objetivou analisar as contribuições do programa de monitoria acadêmica na formação docente para os discentes monitores de um curso de Ciências Biológicas. Para isso aplicou-se um questionário aos 10 estudantes que realizaram o exercício da monitoria em disciplinas no curso em questão, durante o ano de 2016. Os monitores alegaram optar pela monitoria devido às horas complementares, afinidade com a disciplina (9 alunos) e oportunidade de aperfeiçoar a formação docente (6 alunos) além de, em unanimidade, corroborarem como importante contribuinte da formação para o fazer docente, propiciando a compreensão da diversificação metodológica e dinamização das aulas das disciplinas contempladas com monitoria. Dessa forma, os resultados apontam para uma positiva contribuição da monitoria acadêmica na formação docente dos futuros professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOLZAN, D. P. V.; ISAIA, S. M. A.; MACIEL, A. M. R.; Formação de professores: a construção da docência e da atividade pedagógica na educação superior. Rev. Diálogo Educ, v. 13, n. 38, p. 49-68, 2013.

CUNHA JÚNIOR, F. R. Atividades de monitoria: uma possibilidade para o desenvolvimento da sala de aula. Educação e Pesquisa, v. 43, n. 3, p. 681-694, 2017.

FRISON, L. M. B. Monitoria: uma modalidade de ensino que potencializa a aprendizagem colaborativa e autorregulada. Pro-Posições, v. 27, n. 1, p. 133-153, 2016.

FRISON, L. M. B.; MORAES, M. A. C. As práticas de monitoria como possibilitadoras dos processos de autorregulação das aprendizagens discentes. Poíesis Pedagógica, v. 8, n. 2, p. 144-158, 2011.

HERMEL, E. E. S.; GUNZEL. R. E.; CLERICI, K. S. O PetCiências na Escola: Uma reflexão sobre o papel das aulas práticas no ensino de ciências. Revista Sbenbio: VI Enebio e VII Erebio Regional 3, s/v, n. 9, p. 181-190, 2016.

LIRA, M. O.; NASCIMENTO, D. Q.; SILVA, G. C. L.; MAMAN, A. S. Contribuições da monitoria acadêmica para o processo de formação inicial docente de Licenciandos em Ciências Biológicas da UEPB. In: II Congresso Nacional de Educação, 2015. Disponível em: < http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV045_MD1_SA18_ID3045_08092015215307.pdf. Acesso em: 28 mai. 2017.>

NASCIMENTO, F. B.; BARLETTA, J. B. O olhar do docente sobre a monitoria como instrumento de preparação para a função de professor. Revista Cereus, s/v, n. 5, p. 1-12, 2011.

NUNES, J. B. C. Monitoria acadêmica: espaço de formação. In: SANTOS, M. M.; LINS, N. M. (Org.) A monitoria como espaço de iniciação à docência: Possibilidades e trajetórias. Natal: EDUFRN – Editora da UFRN, 2007.

OLIVEIRA, L. A.; ROCHA. J. E.; PEREIRA, V. S. Fatores que levam o aluno a engajar-se em programas de monitoria acadêmica de uma instituição de ensino superior. Revista Interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 2014.

PAGEL, U. R.; CAMPOS. L. M.; BATITUCCI, M. C. P. Metodologias e práticas docentes: uma reflexão acerca da contribuição das aulas práticas no processo de ensino-aprendizagem de biologia. Experiências em Ensino de Ciências, v. 10, n. 2, p. 14-25, 2015.

PEREIRA, G. C. A monitoria como auxilio ao processo de ensino-aprendizagem: Um estudo de caso no curso de ciências contábeis da Universidade Federal de Santa Catarina. 2009. 56p. Curso de ciências contábeis. Universidade Federal de Santa Catarina.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência: Diferentes concepções. Poíesis Pedagógica, v. 3, n. 3 e 4, p. 5-24, 2006.

PINTO, K. L. J.; SILVA, J. M. C. A formação inicial dos professores para o uso das tecnologias digitais: Uma análise das matrizes curriculares de cursos do Rio Grande do Sul. Em rede Revista de educação a distância. v. 3. n. 2. p 227-236, 2016.

SILVEIRA, D. T.; CÓRDOVA, F. P. Unidade 2–A pesquisa científica. Métodos de pesquisa, p. 31-42, 2009.

SOUZA, R. O.; NERY, V. S. C. Formação para docência no ensino superior: Estudos sobre os saberes docentes e os programas de monitorias. MARGENS - Revista Interdisciplinar Dossiê: Formação Docente Versão Digital, v.10. n. 14 p. 75-94 2016.

SPOSITO, M. P.; TARÁBOLA, F. S. Experiência Universitária e Afiliação: Multiplicidade, tensões e desafios da participação política dos estudantes. Educação & Sociedade. v. 37. n. 137. p. 1009-1028, 2016.

VASCONCELOS, S. D.; LIMA, K. E. C.; O professor de biologia em formação: Reflexão com base no perfil socioeconômico e perspectiva de licenciandos de uma universidade pública. Ciência e Educação. v. 16, n. 2, p. 323-340, 2010.

VAZ, J. M. C.; PAULINO. A. L. S.; BAZON, F. V. M.; KIILL, K. B.; ORLANDO, T. C.; REIS. M. X. Material didático para ensino de biologia: possibilidades de inclusão. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências v. 12, n. 3, p. 81-104, 2012.

VENTURA, A. F.; SILVA, C. J. A.; GALVÃO, B. H. A. Monitoria acadêmica x Docência no ensino superior. Ciências biológicas e da saúde, v. 2, n. 3, p. 35-43, 2015.

Publicado
2020-08-19
Como Citar
MENEZES, J. B. F. D., & MOTA, F. D. L. (2020). CONTRIBUIÇÕES DA MONITORIA ACADÊMICA NA FORMAÇÃO DOCENTE DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Interfaces Científicas - Educação, 8(3), 366-377. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p366-377
Seção
Artigos