A premissa da avaliação na educação de crianças: uma questão pedagógica.

  • Ivo José Both Centro Universitário Internacional-UNINTER
  • Onilza Borges Martins UNINTER
  • Onilza Borges Martins UNINTER
Palavras-chave: avaliação, premissa, aprendizagem, questão pedagógica

Resumo

Este texto objetiva o debate de resultados de pesquisa e de experiências pedagógicas que foram se somando ao longo de nossa prática docente em diferentes níveis escolares, tomando por base a avaliação para a aprendizagem mediada pela didática. As principais experiências pedagógicas estão demonstradas e debatidas ao longo do texto em linguagem dialógica, abordando qualidade educacional, objetivos de avaliação, formação pedagógica, conceitos ou notas, avaliação na educação infantil, instrumentos de avaliação e avaliação para crianças. Os principais autores que auxiliaram na inspiração dos debates que se processaram ao longo do texto foram: Luckesi (1992), Penna Firme (1988), Raths (1948) e Tyler (1966). Os principais resultados da pesquisa configuram-se, por ordem de importância, da seguinte forma: a) a avaliação estabelece-se em função da aprendizagem; b) a aprendizagem formaliza a educação; c) e a didática estabelece-se entre a avaliação e a aprendizagem, fortalecendo entre ambas processo de vinculação interdependente. Dessa forma, os resultados da pesquisa reúnem condições para a formalização de patamar, cuja inspiração educativa fomenta a educação nos diferentes níveis escolares, a começar pela educação infantil e o ensino fundamental. Sabe-se não haver unanimidade de opinião em relação ao estabelecimento do período dos três primeiros anos escolares para a concretização da alfabetização. No entanto, essa medida poderá sucesso incerto devido a dois fatores: condições de trabalho insuficientes e despreparo dos recursos humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivo José Both, Centro Universitário Internacional-UNINTER
É licenciado em Filosofia pela Universidade de Passo Fundo-RS (1975). Possui mestrado em Educação na área de Planejamento Educacional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-RS (1982) e doutorado em Educação na área de Política Educacional pela Universidade do Minho, Portugal (1992). É membro da Academia de Letras dos Campos Gerais-Ponta Grossa-PR. No Centro Universitário Internacional Uninter (Curitiba-PR) é: professor titular em cursos de graduação e de pós-graduação presenciais e a distância, pesquisador e escritor; atua no Núcleo de Pesquisa em Educação; é Presidente do Conselho Editorial da Editora IBPEX; é docente no Programa de mestrado em Educação e Novas Tecnologias. No MEC é avaliador de cursos e avaliador institucional. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação da aprendizagem, educação, instituição, educação a distância e qualidade. Foi Presidente da Comissão Própria de Avaliação na Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR (1993 a 1999) e na (então) Faculdade Internacional de Curitiba-FACINTER-PR (2006 e 2007). Foi Coordenador do Programa de Mestrado em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa (1994-1998). Foi Pró-Diretor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, bem como Diretor Acadêmico da (então) Faculdade Internacional de Curitiba-FACINTER. Moção recebida da Assembleia Legislativa do Paraná pela contribuição na docência superior e publicação de obras relevantes à área acadêmica (2013). Conselheiro do Conselho Estadual de Educação do Estado do Paraná (em curso).
Onilza Borges Martins, UNINTER
Coordenadora do Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias - UNINTER
Onilza Borges Martins, UNINTER
Coordenadora do Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias - UNINTER

Referências

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar: sendas percorridas. 549 f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1992.

OLIVEIRA, Z. M. R. Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

PENNA FIRME, T. Avaliação: resposta, responsabilidade, integração. In: BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Estudos e confrontos: universidade/ensino de 1º grau: coletânea de textos sobre os benefícios mútuos de uma integração. Brasília, DF, p. 135-64, 1988.

RATHS, L. E. Class Lecture. New York: Summer University, 1948.

Publicado
2016-06-05
Como Citar
Both, I. J., Martins, O. B., & Martins, O. B. (2016). A premissa da avaliação na educação de crianças: uma questão pedagógica. Interfaces Científicas - Educação, 4(3), 105-114. https://doi.org/10.17564/2316-3828.2016v4n3p105-114
Seção
Artigos