HELMINTOS PARASITOS DE RÉPTEIS E ANFÍBIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL

Autores

  • Tarsila Ferraz Frezza Instituto Federal de São Paulo
  • Alessandra Aguirra Sani IFSP-Avaré
  • Geza Thaís Rangel e Souza IFSP-AVARÉ
  • Lívia Cristina dos Santos IFSP-AVARÉ

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3798.2021v8n3p32-59

Palavras-chave:

Reptilia, Amphibia, Fauna Helmintológica, Parasita, São Paulo

Resumo

Os parasitos dizem muito sobre a biologia de seus hospedeiros, uma vez que revelam diferentes informações a respeito dos hábitos alimentares, ambientes onde vivem, rotas de migração do hospedeiro entre outras. Estudos relacionados à helmintologia com enfoque médico nos proporcionam um amplo conhecimento dos helmintos que infectam humanos, porém, entender as formas parasitárias em animais não humanos é também importante pois trata-se de um meio de ampliar as informações sobre o parasitismo e suas interações. Devido à escassez de dados sobre a fauna helmintológica de anfíbios e “répteis” no estado de São Paulo, além da necessidade de se compilar dados a respeito do parasitismo por helmintos nestes animais, o presente trabalho teve por objetivo apresentar uma relação das espécies de helmintos associados a esses hospedeiros, com registro de ocorrência no estado de São Paulo. De acordo com a pesquisa realizada, os helmintos parasitos mais comuns para “répteis” e anfíbios no estado de São Paulo são os nematódeos de gênero Rhabdias, seguido de Physaloptera; foram também reportados trematódeos, cestódeos, acantocéfalos e monogêneas. Das 236 espécies de anfíbios existentes no Estado, apenas 27 (11,44%) foram reportadas como hospedeiras para helmintos. Para os “répteis”, das 226 espécies encontradas no Estado, apenas 28 (12,39%) foram reportadas como hospedeiras de helmintos. Esses dados evidenciam a necessidade e a importância de mais estudos sobre a helmintofauna de anfíbios e “répteis”.

Biografia do Autor

Tarsila Ferraz Frezza, Instituto Federal de São Paulo

Sou bióloga, bacharel e licenciada, em Ciências Biológicas pela PUC-Campinas. Tenho mestrado e doutorado em parasitologia pela UNICAMP. Iniciei o pós doutorado na Faculdade de Ciências Farmacêuticas pela UNESP-Araraquara. Atualmente sou docente do IFSP-Avaré, onde ministro aulas para os cursos técnicos de Agroindústria e Mecatrônica, e para o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Na graduação leciono as disciplinas de práticas pedaógicas, Invertebrados, Anatomia Geral e Comparada, Fisiologia Humana, dentre outras. Também atualmente oriento projetos de pesquisa e extensão, relacionados a parasitologia, além de projetos de ensino.

Alessandra Aguirra Sani, IFSP-Avaré

Graduação - Licenciatura em Ciências Biológicas, IFSP-Avaré

Geza Thaís Rangel e Souza, IFSP-AVARÉ

Professor EBTT do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, campus Avaré. Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá (2000), Mestrado e Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais pela Universidade Estadual de Maringá (2004, 2014), e Pós-Doutorado em Saúde e Ambiente pela Universidade Tiradentes (2016). Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Comunidades e Ecossistemas, e sanidade de recursos pesqueiros e saúde humana, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia, planície de inundação, ciclo de vida, análises moleculares e diversidade parasitária, sanidade piscícola; microbiologia.

Lívia Cristina dos Santos, IFSP-AVARÉ

É Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas, formada pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo. Desenvolveu sua Iniciação científica no Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantan, tendo experiência em estudos da biologia reprodutiva de anfisbenídeos. Cursou o Mestrado no Departamento de Zoologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, desenvolvendo sua pesquisa no Laboratório Especial de Ecologia e Evolução do Instituto Butantan. Cursou o doutorado no Departamento de Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, e realizou doutorado "sanduíche" no Muséum National dHistoire Naturelle, em Paris. Atualmente é professora no Instituto Federal de São Paulo, ministrando aulas para o nível Superior (Licenciatura em Ciências Biológicas e Engenharia de Biossistemas).

Downloads

Publicado

2021-04-29

Como Citar

Frezza, T. F., Sani, A. A., Souza, G. T. R. e, & Santos, L. C. dos. (2021). HELMINTOS PARASITOS DE RÉPTEIS E ANFÍBIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL. Interfaces Científicas - Saúde E Ambiente, 8(3), 32–59. https://doi.org/10.17564/2316-3798.2021v8n3p32-59

Edição

Seção

Artigos