UNIVERSALIZAÇÃO DO ACESSO AOS SERVIÇOS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO NO BRASIL E COMBATE À PANDEMIA

Autores

  • Herlane Costa Calheiros UNIFEI - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ
  • Eleonára
  • Isabela Cristina Ferreira Faria UNIFEI

DOI:

https://doi.org/10.17564/2316-3798.2021v8n3p71-86

Resumo

Atualmente, vive-se uma pandemia mundial e, por outro lado, o Brasil enfrenta a questão da universalização do saneamento básico. Este artigo apresenta as influências do surgimento de pandemias nos tratamentos de águas residuárias e na universalização do saneamento. Foi realizada uma revisão da literatura mostrando as principais formas de transmissão dos vírus e explica o motivo da preocupação sobre a transmissão das doenças através das águas residuárias, além de apresentar as maneiras para mitigar o problema da transmissão fecal-oral e fecal-inalatória. Apresenta também as consequências da contaminação das águas residuárias por antivirais ingeridos para tratamento de doenças durante as pandemias. De acordo com os resultados obtidos, o maior problema enfrentado é a falta de saneamento básico em muitos locais do Brasil. Se a universalização do saneamento já existisse, a população estaria mais protegida em relação a pandemia e teria uma forma de monitoramento para auxiliar no combate contra o vírus. Sendo assim, é imprescindível que os responsáveis pelos serviços de saneamento façam o tratamento adequado das águas residuárias para inativação do vírus. Para que isto ocorra o governo nos seus diversos níveis precisa fazer o seu papel de regular, investir e fiscalizar exigindo melhorias.

Biografia do Autor

Herlane Costa Calheiros, UNIFEI - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ

Doutora em Engenharia Civil (Hidráulica e Saneamento) pela USP e Professora Titular da Universidade Federal de Itajubá - MG. 

Eleonára

Mestranda em Engenharia Hídrica pela Universidade Federal de Itajubá- MG

Isabela Cristina Ferreira Faria, UNIFEI

Mestranda em Engenharia Hídrica pela Universidade Federal de Itajubá- MG

Downloads

Publicado

2021-06-21

Como Citar

Costa Calheiros, H. ., Ramos Reis, E. ., & Ferreira Faria, I. C. . (2021). UNIVERSALIZAÇÃO DO ACESSO AOS SERVIÇOS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO NO BRASIL E COMBATE À PANDEMIA. Interfaces Científicas - Saúde E Ambiente, 8(3), 71–86. https://doi.org/10.17564/2316-3798.2021v8n3p71-86

Edição

Seção

Artigos