A CONTRIBUIÇÃO DOS JOGOS NO DIAGNÓSTICO CLÍNICO PSICOPEDAGÓGICO

  • Érica Firmino Araújo Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Laiany Rose Souza Santos Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Esse estudo é fruto de construção teórica e prática, que responde ao anseio vivenciado entre as psicopedagogas recentes e em formação da contribuição dos jogos no diagnóstico clínico. O objetivo é discutir o uso de jogos no espaço clínico psicopedagógico para o diagnóstico direcionando a discalculia. Para realizar este trabalho, a metodologia baseou-se em revisão de literatura a respeito do jogo, brinquedo e brincadeira, assim como foi trabalhado o conceito de discalculia para apresentar um estudo de caso, por meio de abordagem qualitativa. O jogo pode ser um instrumento de tornar o atendimento lúdico através do brincar ao mesmo tempo que possibilita observação clínica direcionada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érica Firmino Araújo Santos, Universidade Federal de Sergipe
Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Sergipe – UFS (2013); Experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil.
Laiany Rose Souza Santos, Universidade Federal de Sergipe
Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe – UFS (2019); Assessora do Movimento de Mulheres Camponesas.
Publicado
2020-10-30
Como Citar
Firmino Araújo Santos, Érica, & Rose Souza Santos, L. (2020). A CONTRIBUIÇÃO DOS JOGOS NO DIAGNÓSTICO CLÍNICO PSICOPEDAGÓGICO. Ideias E Inovação - Lato Sensu, 6(1), 64. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/ideiaseinovacao/article/view/9762
Seção
Artigos