Grau de conhecimento do diagnóstico e tratamento de parada cardiorrespiratória entre estudantes do curso de medicina.

  • Isabelle Oliveira Santos Centro Universitário Tiradentes
Palavras-chave: Parada cardíaca, Reanimação Pulmonar, Suporte avançado de vida.

Resumo

A parada cardiorrespiratória (PCR) é definida como interrupção súbita dos batimentos cardíacos associados a ausência de respiração. Apesar dos avanços científicos, cerca de 30% das reanimações que ocorrem dentro do hospital obtém sucesso, destas, 15% recebem alta sem sequelas neurológicas. A fim de otimizar a taxa de sucesso das reanimações com qualidade, portanto, é preciso treinamento baseado em evidências científicas ainda na graduação médica. O objetivo do presente trabalho foi descrever o grau de conhecimento do diagnóstico e tratamento em parada cardiorrespiratória entre estudantes do curso de medicina. Tratou-se de um estudo observacional, descritivo e transversal. Participaram do estudo, estudantes do curso de medicina regularmente matriculados no 8º período do curso, que responderam a formulário elaborado pelos autores contendo 15 questões sobre diagnóstico e tratamento em parada cardiorrespiratória em crianças e adultos. A abordagem destes estudantes foi feita em suas residências. A variável primária foi Grau de conhecimento e as variáveis secundárias foram formação Anterior, idade, curso anterior suporte avançado de vida e aula anterior em suporte básico. O tamanho da amostra foi estimado em 75, considerando 5 participantes por cada questão. Foi utilizada estatística descritiva para análise dos dados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabelle Oliveira Santos, Centro Universitário Tiradentes
Ciências da Saúde/ Medicina

Referências

ASSOCIATION, A. H. Atualização das Diretrizes de RCP e ACE: Destaques da American Heart Association 2015. American Heart Association, p. 36, 2015.

ASSOCIATION, A. H. Atualizações Específicas das Diretrizes de 2017. 2017.

CIENTÍFICO, D.; INTENSIVA, D. T. Manual de Orientação Sepse grave e Choque séptico pediátrico Surviving Sepsis Campaign ( SSC ) 2017. p. 1–15, 2019.

DIRETRIZES, C. C. E. Diretrizes da ressuscitação cardiopulmonar pediátrica - 2015. v. 6, n. 3, p. 155–163, 2016.

FERNANDO, L.; FEREZ, D.; LUIZ, J. Atualização das Diretrizes de Ressuscitação Cardiopulmonar de Interesse ao Anestesiologista. v. 61, p. 631–640, 2011.

GOTO, Y.; MAEDA, T.; GOTO, Y. N. Effects of prehospital epinephrine during out-of-hospital cardiac arrest with initial non-shockable rhythm: An observational cohort study. Critical Care, v. 17, n. 5, p. R188, 2013.

HARTMANN, S. M. et al. Systematic review and meta-analysis of end-tidal carbon dioxide values associated with return of spontaneous circulation during cardiopulmonary resuscitation. Journal of Intensive Care Medicine, v. 30, n. 7, p. 426–435, 2015.

HOSPITAL SÍRIO- LIBANÊS. Protocolo de atendimento a parada cardiorrespiratória (PCR). p. 1–10, 2013.

LOUIE, M. C.; CHANG, T. P.; GRUNDMEIER, R. W. Recent Advances in Technology and Its Applications to Pediatric Emergency Care. Pediatric Clinics of North America, v. 65, n. 6, p. 1229–1246, 2018.

MORALES-CANÉ, I.; VALVERDE-LEÓN, M. D. R.; RODRÍGUEZ-BORREGO, M. A. A adrenalina durante parada cardíaca : revisão sistemática e meta-análise Método. 2016.

ORIGINAL, A. Avaliação do Diagnóstico e Tratamento em Parada Cardiorrespiratória entre os Médicos com mais de Cinco Anos de Graduação *. v. 18, n. 82, p. 374–379, 2006.

PAZIN-FILHO, A. et al. Parada cardiorrespiratória (PCR). Medicina, v. 36, n. 2–4, p. 163–178, 2003.

PEREIRA, J. C. R. G. Abordagem do Paciente Reanimado , Pós-Parada Cardiorrespiratória * Care of Patient Resuscitated from Cardiac Arrest. Revista Brasileira de Terapia Intensiva 193 Abril/Junho, 2008, v. 20, o 2, p. 190–196, 2008.

SATO, T. et al. Cardiorespiratory dynamics of rescuers during cardiopulmonary resuscitation in a hypoxic environment. American Journal of Emergency Medicine, v. 36, n. 9, p. 1561–1564, 2018.

SCHUH, C. U. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL O CONHECIMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM SOBRE OPIÓIDES EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO Porto Alegre. 2011.

SOFIA, D.; MIRANDA, O. Emulsão Lipídica Intravenosa no Tratamento de Intoxicações Dedicatória. 2016.

TALLO, F. et al. Atualização em reanimação cardiopulmonar: uma revisão para o clínico. Rev Bras Clin Med. 2012;10(3):194-200., v. 10, n. 3, p. 194–200, 2012.

TOBASE, L. et al. Basic life support: evaluation of learning using simulation and immediate feedback devices. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 25, n. 0, 2017.

Publicado
2020-04-13
Como Citar
Santos, I. O. (2020). Grau de conhecimento do diagnóstico e tratamento de parada cardiorrespiratória entre estudantes do curso de medicina. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - ALAGOAS, 6(1), 109. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsbiosaude/article/view/7469
Seção
Artigos