O ENFRENTAMENTO DO PACIENTE E A ESQUISTOSSOMOSE

  • Laysse Nunes Nunes Sampaio FITS
  • Joany Karine da Rocha França
  • Jéssica Maynara da Silva Ferreira Lima
  • Lays Nogueira Miranda
Palavras-chave: Descritores, Enfermagem, Promoção da saúde, Saneamento, Esquistossomose, Assistência à saúde.

Resumo

Objetivo: Identificar as dificuldades encontradas no enfrentamento da Esquistossomose. Método: revisão integrativa conduzida em seis etapas, a fim de responder à pergunta norteadora: “Como os pacientes enfrentam as dificuldades da Esquistossomose? A estratégia de busca foi realizada utilizando a combinação dos descritores: enfermagem, promoção da saúde, esquistossomose, saneamento e assistência à saúde, na Lilacs, Medline e BDENF. A análise e síntese dos dados foram descritivas segundo as categorias temáticas identificadas. Resultados: a amostra foi constituída por 06 estudos primários. Conclusão: as evidências sintetizadas contribuem para o enfermeiro selecionar e implementar estratégias que possam prevenir ou controlar as condições que sejam limitantes ao paciente durante o enfrentamento da esquistossomose.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARRETO, Ana Virgínia Matos Sá et al. Análise da positividade da esquistossomose mansoni em Regionais de Saúde endêmicas em Pernambuco, 2005 a 2010. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília, v. 24, n. 1, p. 87-96, mar. 2015. Disponível em <http://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S167949742015000100010&lng=pt&nrm=iso>.

DANTAS DOS SANTOS, Allan; DE FREITAS MELO, Oliveira Sabrina; BEZERRA SANTOS, Márcio; GOMES MACHADO DE ARAÚJO, Karina Conceição. Análise do grau de implantação (GI) do programa de controle da esquistossomose mansônica (PCE) em um município endêmico do estado de Sergipe, Brasil. Rev. iberoam. educ. invest. enferm.,2015. Disponível em:<http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=BDENF&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=29353&indexSearch=ID>.

MURTA, Felipe Leão Gomes et al. Abordagem sobre esquistossomose em livros de ciências e biologia indicados pelo programa nacional do livro didático (PNLD) – 2011/2012. Rev Patol Trop Vol. 43, n. 2, p. 195-208, 2014. Disponível em: <https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/11407>.

SAUCHA, Camylla Veloso Valença; SILVA, José Alexandre Menezes da; AMORIM, Liliane Barbosa. Condições de saneamento básico em áreas hiperendêmicas para esquistossomose no estado de Pernambuco em 2012. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília, v.24, n.3, p.497-506, Sept. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S223796222015000300497&lng=en&nrm=iso>.

TIBIRICA, Sandra Helena Cerrato; GUIMARAES, Frederico Baêta; TEIXEIRA, Maria Teresa Bustamente. A esquistossomose mansoni no contexto da política de saúde brasileira. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, supl. 1, p. 1375-1381, 2011. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000700072&lng=en&nrm=iso>.

VIDAL, Lícia Marques et al. CONSIDERAÇÕES SOBRE ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA NO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ, BAHIA. Revista de Patologia Tropical, [S.l.], v. 40, n. 4, p. 367-382, jan. 2012. ISSN 1980-8178. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/16751/10196>.

Publicado
2018-02-15
Como Citar
Nunes Sampaio, L. N., França, J. K. da R., Lima, J. M. da S. F., & Miranda, L. N. (2018). O ENFRENTAMENTO DO PACIENTE E A ESQUISTOSSOMOSE. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - ALAGOAS, 4(2), 337. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsbiosaude/article/view/4570
Seção
Artigos