INCIDÊNCIA DAS COMPLICAÇÕES PULMONARES EM CIRURGIAS CARDIOPEDIÁTRICAS

  • Elizianne Macedo Soares Unit
  • Cristefhanee Carla Monteiro da Silva
  • Ana Carolina do Nascimento Calles
Palavras-chave: Cirurgia cardíaca pediátrica, Complicações pós-operatórias, Incidência.

Resumo

Introdução: No Brasil as cardiopatias congênitas acometem aproximadamente cerca de 8 a 10 crianças a cada 1000 nascidos vivos, estimando cerca de 28 mil casos por ano. Em alguns casos é necessário tratamento cirúrgico com correção total ou paliativa. Uma das causas mais comum de mortalidade em cirurgia cardíaca são as complicações pulmonares. Objetivo: Identificar quais foram às complicações pulmonares mais frequentes em cirurgias cardíacas pediátricas. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo observacional, descritivo e retrospectivo, onde foram avaliados prontuários de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca pediátrica, no período de Julho de 2015 a Outubro de 2016. Resultados: Foram avaliados 65 prontuários submetidos à cirurgia cardíaca pediátrica, sendo 56,9% do sexo masculino e 43,1% do sexo feminino, com média de idade de 7,5 anos. A incidência de complicações pulmonares na amostra estudada foi de 53,8%. Considerações finais: O presente trabalho evidenciou que os pacientes que permaneceram mais tempo em CEC e CLAMP-AO assim como os que tiveram maiores tempos de internação hospitalar e de UTI, as complicações pulmonares foram significativamente maiores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizianne Macedo Soares, Unit
Fisioterapia

Referências

ATIK, F.A.; Monitorização Hemodinâmica em Cirurgia Cardíaca Pediátrica. Arquivos Brasileiro de Cardiologia, v. 82, n.2, p.199-208, 2004.

BARBOSA, R.A.G; CARMONA, M.J.C. Avaliação da Função Pulmonar em Pacientes Submetidos à Cirurgia Cardíaca com Circulação Extracorpórea. Revista Brasileira de Anestesiologia, v.52, n.6, p.689-699, 2002.

BORGES, D.l.; SOUSA, L.R.; SILVA, R.T.; GOMES, H.C.R.; FERREIRA, F.M.M.; LIMA, W.L.; BORGES, C.P.L.. Complicações pulmonares em crianças submetidas à cirurgia cardíaca em um hospital universitário. Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.25, p.234-237, 2010.

BORN, D.. Cardiopatia Congênita. Arquivos Brasileiro de Cardiologia, v.93, n.6, p.130-132, 2009.

FELCAR, J.M.; GUITTI, J.C.S.; MARSON, A.C.; CARDOSO, J.R.. Fisioterapia pré-operatória na prevenção das complicações pulmonares em cirurgia cardíaca pediátrica. Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.23, n.3, p.383-388, 2008.

FRANCO, A.M.; TORRES F.C.; SIMON, I.S.L.; MORALES, D.; RODRIGUES, A.J.. Avaliação da ventilação não-invasiva com dois níveis de pressão positiva nas vias aéreas após cirurgia cardíaca. Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.26, n.4, p.582-590, 2011.

HUBER, J.; PERES, V.C.; SANTOS, T.J.; BELTRÃO, L.F.; BAUMONT, A.C.; CANEDO, A.D.; SCHAAN, B.D.A.; PELLANDA, L.C.. Cardiopatias congênitas em um serviço de referência: evolução clínica e doenças associadas. Arquivos Brasileiro de Cardiologia ,v.94, n. 3, p. 333-338, 2010.

JOHNSTON, C.; PIVA, J.P.; CARVALHO, W.B.; GARCIA, P.C.; FONSECA, M.C.; HOMNERDING, P.X.. Preditores de falha de extubação em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca submetidas à ventilação pulmonar mecânica. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, v.20, n.1, p. 57-62, 2008.

MOTA, A.L; RODRIGUES, A.J; ÉVORA P.R.B. Circulação extracorpórea em adultos no século.XXI. Ciência, arte ou empirismo? . Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.23, n.1, p.78-92, 2008.

NINA, R.V.A.H.; GAMA, M.E.A.; SANTOS, A.M.; NINA, V.J.S.; FIGUEIREDO, N.J.A.; MENDES, V.G.G.; et al. O escore de risco ajustado para cirurgia em cardiopatias congênitas (RACHS-1) pode ser aplicado em nosso meio? . Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.22, n.4, p.425-431, 2007.

SILVA, Z.; PEREZ, A.; PINZOB, A.D.; RICACHINEWSKY, C.P.; RECH, D.; LUKRAFKA, J.L.; et al. Fatores associados ao insucesso no desmame ventilatória de crianças submetidas a cirurgia cardíaca pediátrica. Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v.23, n.4, p.501-506, 2008.

TORRATI F.G; DANTAS R. AP.S. Circulação Extracorpórea e Complicações no Período Pós-operatório Imediato de Cirurgias Cardíacas. Acta Paulista de Enfermagem, V.25, n.3, p. 340-345,2012.

Publicado
2018-02-15
Como Citar
Soares, E. M., Silva, C. C. M. da, & Calles, A. C. do N. (2018). INCIDÊNCIA DAS COMPLICAÇÕES PULMONARES EM CIRURGIAS CARDIOPEDIÁTRICAS. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - ALAGOAS, 4(2), 313. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsbiosaude/article/view/4561
Seção
Artigos