Gênero e Mídia: Um olhar sobre a mulher idosa em narrativas fílmicas brasileiras

  • Ana Regina Messias
Palavras-chave: Mulher Idosa, Cinema, Mídia, Representação, Sociedade

Resumo

O proposto deste texto é uma observação do cinema como mediador de representações em torno das identidades culturais de mulheres idosas. A partir de aportes teóricos de autores como Alda Motta, Ana Amélia Camarano, Anthony Seeger, Edgar Morin, Guita Debert, Lucia Santaella, Simone de Beauvoir entre outros, será realizado um estudo tendo como centro as protagonistas de dois filmes da cinematografia brasileira: Central do Brasil e Depois daquele baile. A discussão se dá em torno de questões de representações das identidades culturais brasileiras de Dora e Doris, atentando para como elas se relacionam afetivamente e socialmente por serem mulheres que inovam, participam e acompanham os avanços da sociedade. Observar as obras fílmicas é viável porque filme é uma reconstrução da realidade e o cinema torna os indivíduos testemunhas da ação ali representada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Regina Messias
Professor universitário do Curso de Comunicação Social na Universidade Tiradentes - Unit/SET, Supervisor de conteúdos midiáticos do NEAD/UNIT e Mestrando em Educação.Com 18 anos de experiência na área de editoração eletrônica e processos gráficos.
Publicado
2012-09-29
Como Citar
Messias, A. R. (2012). Gênero e Mídia: Um olhar sobre a mulher idosa em narrativas fílmicas brasileiras. Interfaces Científicas - Humanas E Sociais, 1(1), 17-29. https://doi.org/10.17564/2316-3801.2012v1n1p17-29
Seção
Artigos