COMPARATIVO ENTRE OS MÉTODOS GRAVITACIONAL E TÉRMICO NO TRATAMENTO DE UMA EMULSÃO ÁGUA E ÓLEO

  • João Emanuel Cabral da Mata Centro Universitário Tiradentes
  • Williani Espinheira de Oliveira Centro Universitário Tiradentes
  • Vanessa Limeira Centro Universitário Tiradentes
  • Diego Henrique Silva Souza Centro Universitário Tiradentes
  • Andreza Silva Gonzaga Centro Universitário Tiradentes
Palavras-chave: Emulsão. Tratamento. Preparação.

Resumo

Quando o petróleo é escoado da rocha reservatório para a superfície, ele vem em estado de emulsão, ou seja, em forma de mistura de líquidos imiscíveis. Nesta mistura, geralmente estão contidos óleo, gás e água, por isso, torna-se necessário utilizar métodos para separação da mistura. Assim, este trabalho teve como objetivo verificar o efeito dos tratamentos gravitacional e térmico de uma emulsão água/óleo (A/O) com petróleo obtido do campo de Carmópolis, localizado no estado de Sergipe. Para isso, emulsões sintéticas de petróleo e água foram preparadas, utilizando o copo e misturador Hamilton Beach e, em seguida, realizados os tratamentos gravitacional e térmico. Com base nos dados obtidos, o tratamento térmico se mostrou mais eficiente do que o método gravitacional, pois o aquecimento da emulsão diminuiu a viscosidade do petróleo emulsionado, aumentando a velocidade de sedimentação das gotas de óleo e, consequentemente, facilitou a separação da emulsão.
Publicado
2020-11-23
Como Citar
da Mata, J. E. C., de Oliveira, W. E., Limeira, V., Souza, D. H. S., & Gonzaga, A. S. (2020). COMPARATIVO ENTRE OS MÉTODOS GRAVITACIONAL E TÉRMICO NO TRATAMENTO DE UMA EMULSÃO ÁGUA E ÓLEO. Caderno De Graduação - Ciências Exatas E Tecnológicas - UNIT - ALAGOAS, 6(2), 156. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsexatas/article/view/9051
Seção
Artigos