ANÁLISE DO CUSTO DE PRODUÇÃO DA ENERGIA SOLAR EM MACEIÓ.

  • Raphael de Menezes Ferreira Carnaúba
  • Josicléa Pereira Rogério Centro universitário Tiradentes
  • Antônio Ricardo Zaninelli do Nascimento
Palavras-chave: Fotovoltaico, Economia, LCOE, Nordeste Brasileiro

Resumo

Esse trabalho tem como propósito analisar o custo de produção de energia solar no nordeste brasileiro, especificamente na cidade de Maceió, sendo realizada uma comparação com as regiões da Alemanha, no intuito de demonstrar os custos de produção de energia. Apesar do território brasileiro estar numa localização privilegiada que garante altos níveis de radiação solar incidente ao longo do ano, verificou-se que a energia solar representa apenas 0,86% da nossa matriz energética.Deve-se observar que o Estado de Alagoas está localizado em uma das regiões com maior índice de radiação solar, no entanto esta não possui nenhuma usina de geração de energia fotovoltaica, tendo o abastecimento de energia em sua maior parte (73%) realizado por hidrelétricas. O resultado deste trabalho demonstrou que o Estado de Alagoas possui um alto potencial de geração de energia solar, viabilizando o investimento nessas regiões e que possuem baixos custos de produção de energia se comparado com demais localidades.
Publicado
2020-04-28
Como Citar
Carnaúba, R. de M. F., Rogério, J. P., & Nascimento, A. R. Z. do. (2020). ANÁLISE DO CUSTO DE PRODUÇÃO DA ENERGIA SOLAR EM MACEIÓ. Caderno De Graduação - Ciências Exatas E Tecnológicas - UNIT - ALAGOAS, 6(1), 43. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsexatas/article/view/6887
Seção
Artigos