Violência doméstica contra mulher

  • Carmen Lucia Neves do Amaral Costa Universidade Tiradentes
  • Amanda Freire Santos
  • Érica Oliveira Mendonça
  • Jéssica de O. Fonseca
  • Karolina Freitas de Carvalho Silva
  • Monique Nascimento Viana
Palavras-chave: Violência doméstica, Sanção, Lei Maria da Penha, Consequências Jurídicas

Resumo

Este trabalho repercute sobre a violência doméstica, especificamente a violência contra as mulheres. Agressões manifestadas geralmente por seus maridos, ex-maridos ou alguém que tenha algum tipo de laço efetivo como pai ou irmão, por exemplo. Juridicamente, a consequência desse ato sofreu modificações jurídicas e foi encarada como um ato digno de sanção surgiu assim, a lei Maria da Penha. Com o nascimento desta nova lei, nascem novas esperanças para uma nova realidade mais justa com alicerces judiciais que penalizam o agressor e protege as vítimas. O artigo tem como objetivo especificar sobre o que venha a ser a violência doméstica contra a mulher, o que é a lei Maria da Penha e suas consequências jurídicas para a vítima e para o agressor. E como é necessária a informação para a população, pois uma sociedade informada, principalmente o gênero feminino, irá diminuir o medo para as denúncias e consequentemente irá reduzir o número de agressões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Lucia Neves do Amaral Costa, Universidade Tiradentes
Professora Mestre em Comunicação e Cultura - Área Ciências sociais - lotada no Departamento de Direito da UNIT.
Publicado
2014-03-24
Como Citar
Costa, C. L. N. do A., Santos, A. F., Mendonça, Érica O., Fonseca, J. de O., Silva, K. F. de C., & Viana, M. N. (2014). Violência doméstica contra mulher. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 2(1), 71-78. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/984
Seção
Artigos