A IMPORTÂNCIA DA AUTOPSIA PSICOLÓGICA NOS CASOS DE SUICÍDIO UMA ANÁLISE DE CONTEÚDO EM DETRIMENTO DA EXPERIÊNCIA DE UMA PROFISSIONAL DA ÁREA.

  • João Paulo Alves Pereira "Centro Universitário Tiradentes - UNIT"
  • Nayara Gomes de Melo Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes – UNIT
  • Celestina Cândido de Barros Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes – UNIT.
  • Ana Letícia Canuto Laranjeiras Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes – UNIT.
  • Renata Acioli de Melo Acadêmica do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes – UNIT.
  • Gabriela Costa Moura Mestra em Psicologia pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL; Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL (2018 - atual); Professora Adjunta I do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes – UNIT.
Palavras-chave: Suicídio. Avaliação Psicológica. Autópsia Psicológica. Psicologia

Resumo

O presente estudo trata-se de uma pesquisa bibliográfica narrativa cujo objetivo é discorrer acerca dos aspectos que envolvem o processo de autópsia psicológica em casos de suicido. Foram utilizadas no estudo as bases científicas SCiELO e PePSIC, bem como livros sobre Psicodiagnóstico. Além disso, o trabalho utiliza o método de análise de conteúdo tendo em vista que foram coletadas informações mediante entrevista semiestruturada com uma profissional que atua na área de modo a comparar o que traz a literatura a respeito do tema. Atualmente, o suicídio se configura como uma das principais causas de morte no mundo e se alastra em níveis alarmantes, se constituindo como um problema de saúde pública. Embora, na maioria das vezes, seja difícil impedir ou prever que o sujeito atente contra a própria vida há possibilidades de chegar à compreensão do suicídio através de exames retrospectivos. Por esta razão, o processo acaba por contribuir para um estudo multifatorial do que ocasiona o suicídio e a identificação de novos fatores de risco, elaborando conseguinte a isso, meios de prevenção. Diante dos expostos, pôde-se observar que não há investigações pautadas na autópsia psicológica, tendo em vista, a falta de profissionais capacitados, o tabu em levantar questões relacionadas ao suicídio e suas consequências. É necessário um posicionamento da Psicologia e dos futuros profissionais na quebra de paradigmas, bem como da promoção de políticas públicas, a fim de prevenir futuros casos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-06
Como Citar
Alves Pereira, J. P., Melo, N. G. de, Barros, C. C. de, Laranjeiras, A. L. C., Melo, R. A. de, & Moura, G. C. (2020). A IMPORTÂNCIA DA AUTOPSIA PSICOLÓGICA NOS CASOS DE SUICÍDIO UMA ANÁLISE DE CONTEÚDO EM DETRIMENTO DA EXPERIÊNCIA DE UMA PROFISSIONAL DA ÁREA. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 6(2), 251. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/7722
Seção
Artigos