A língua inglesa e o mercado de trabalho sergipano

  • Andreza Santos de Gois
  • Isa Fernanda Conceição Oliveira
  • Ronalda da Silva Oliveira
  • Taynan Santos Mateus
  • Ludovico Omar Bernardi Universidade Tiradentes
Palavras-chave: Ascensão profissional, globalização, língua inglesa, mercado de trabalho, Sergipe

Resumo

Este artigo tem por objetivo compreender o papel da língua inglesa dentro do mercado de trabalho sergipano, uma vez que no cenário global o inglês deixou de ser um diferencial no currículo do profissional para ser uma exigência do mercado de trabalho. Para a realização deste trabalho foram feitos fichamentos de livros e artigos acadêmicos e a contextualização das teorias neles apresentadas dentro da realidade do estado de Sergipe. Foram analisados os impactos da língua inglesa no mundo, desde a sua origem até o domínio que ela exerce na sociedade globalizada, e a necessidade que o profissional tem de estar inserido nesse contexto. Concluiu-se que o mercado de trabalho sergipano necessita de profissionais fluentes na língua inglesa, mas a fluência na língua ainda é um obstáculo a ser ultrapassado pela maioria dos profissionais. Contudo, verificou-se também que existe uma preocupação do profissional sergipano em buscar de adquirir esse conhecimento necessário à sua ascensão profissional.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ludovico Omar Bernardi, Universidade Tiradentes

Letras-Inglês, Direito, História - Práticas Investigativas

Publicado
2013-02-25
Como Citar
Gois, A. S. de, Oliveira, I. F. C., Oliveira, R. da S., Mateus, T. S., & Bernardi, L. O. (2013). A língua inglesa e o mercado de trabalho sergipano. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 1(2), 19-28. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/500
Seção
Artigos