AMBIVALÊNCIAS E TRADICIONALISMOS DAS RELAÇÕES FAMILIARES

Clara Leite Lisboa

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar o conceito de família, como relação anterior à civilidade, observando as modificações a que se submete conforme as necessidades tradicionais sociais. Os meios por quais se constituíram a família geram conflitos, com o passar das décadas, onde paralelamente o homem passa a ter mais liberdade. É com a análise histórico-social-legislativa que a pesquisa aborda a problemática, presente na modernidade, qual seja os problemas enfrentados das diversas formas de relação familiar, como também dos modelos opostos aos tradicionais, apresentando os aspectos divergentes do caminho por onde o homem moderno tem percorrido, em detrimento ao tradicionalismo conservador.

Palavras-chave


Costumes; Família; Leis.

Texto completo:

PDF