ARQUITETURA SUSTENTÁVEL, NOVAS FORMAS DE PENSAR O ESPAÇO CONSTRUÍDO, O CASO DAS CONSTRUÇÕES EM CONTÊINERS

Ana Beatriz Martins de Faro Santa Rosa, Anne Karolyne Marques de Oliveira, Edivaldo Paula Cavalcante Tavares, Natália Vieira Fraga Cardoso, Simone Alves Prado Menezes

Resumo


Devido aos grandes impactos ambientais causados pela indústria da construção civil, causados pelo excesso de resíduos gerados e áreas devastadas, vem crescendo a necessidade de se buscar novas maneiras sustentáveis de construir. A utilização de contêineres na construção habitacional vem se mostrando um alternativa interessante, em virtude da economia de recursos e diminuição da geração de resíduos sólidos. Em contrapartida, há grandes obstáculos para a popularização dessa alternativa construtiva, como a carência de mão-de-obra qualificada para manuseio da estrutura, resultante da majoritária falta de informação entre o público consumidor e até mesmo dos arquitetos e técnicos. Portanto, o objetivo deste artigo é analisar e apresentar os prós e contras desse novo método construtivo que vem crescendo lentamente no Brasil e no mundo, para que se torne mais explanado e acessível aos que tiverem interesse em uma arquitetura sustentável, sem abrir mão do conforto e do design. Os projetos vão de residências unifamiliares de baixa renda, até casas de luxo, restaurantes, galerias, estações de transporte público, tudo isso a depender da criatividade do arquiteto e da elaboração de um projeto devidamente estudado e compatibilizado. 


Palavras-chave


Contêiner, Construção Civil. Habitação.

Texto completo:

PDF