SÍNDROME DE BURNOUT NA DOCÊNCIA: UM CAMINHO DO PRAZER ATÉ A DOR

  • auro de Jesus Rodrigues rodriguesauro@gmail.com Universidade Tiradentes
Palavras-chave: Síndrome de Burnout, sofrimento, docente.

Resumo

O presente artigo visa fazer uma revisão bibliográfica acerca da síndrome de Burnout no trabalho docente.  A síndrome de Burnout, que significa perda de energia, desistência, relacionada à dor do profissional que perde sua energia no trabalho, por se ver entre o que deveria fazer e o que efetivamente consegue fazer. A perspectiva traçada aponta que o adoecimento dos docentes está ligado as problemáticas no nível de tensão cotidiana, oriundo de estressores externos e internos na prática dos professores. São apontadas as causas, sintomas e possíveis tratamentos para reduções de altos índices da síndrome de Burnout, que causa evasão dos professores das instituições de ensino. Além disso, é mostrado que são necessárias reflexões para a ampliação da qualidade de vida dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

auro de Jesus Rodrigues rodriguesauro@gmail.com, Universidade Tiradentes
Professor do NEAD
Publicado
2016-10-24
Como Citar
rodriguesauro@gmail.com, auro de J. R. (2016). SÍNDROME DE BURNOUT NA DOCÊNCIA: UM CAMINHO DO PRAZER ATÉ A DOR. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 3(3), 145. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/3039
Seção
Artigos