Direito e literatura: a relação concreta entre o conto júri de vítima viva e os princípios do direito

  • Leilane Moreira Silva Universidade Tiradentes
  • Daniela Naara de Almeida Cunha
  • Livia Carla Franco Oliveira
  • Mikael Silveira Campos
  • Hortência de A. Gonçalves
Palavras-chave: Direito, Liretatura, Interlocução, Princípios, Sociedade

Resumo

Os trabalhos envolvendo Direito e Literatura começaram a se desenvolver recentemente no Brasil. Essas ciências possuem relação próxima e tem como escopo comum a compreensão e a representação da realidade. O objetivo geral deste artigo é comprovar se o Direito e Literatura são áreas que se complementam, além de verificar se essas ciências utilizam a linguagem como sua ferramenta principal. Para além da comprovação, deve-se perceber o Direito enquanto disciplinador das ações da sociedade, sendo instrumento de controle social e a Literatura enquanto reflexo do fenômeno social. Foi utilizado o conto literário Júri de Vítima Viva, escrito por Vladimir Souza Carvalho, como caso concreto da conexão existente entre essas duas ciências. Por fim, a contribuição da Literatura no âmbito da interpretação é fundamental para o Direito, pois proporciona aos juristas uma melhor análise para aplicação e cumprimento das normas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leilane Moreira Silva, Universidade Tiradentes

UNIVERSIDADE TIRADENTES

DIRETORIA DE GRADUAÇÃO

CURSO DE DIREITO

Publicado
2014-03-24
Como Citar
Silva, L. M., Cunha, D. N. de A., Oliveira, L. C. F., Campos, M. S., & Gonçalves, H. de A. (2014). Direito e literatura: a relação concreta entre o conto júri de vítima viva e os princípios do direito. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 2(1), 119-126. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/1267
Seção
Artigos