A Violência Doméstica contra Mulher por Companheiro e a Lei Maria da Penha

  • Lara Costa Santos Universidade Tiradentes
  • Karen Mirella Maria Soares dos Santos
  • Larissa Silva dos Reis Lima
  • Letícia Serafim Brito
  • Yuri Fontes Silva
  • Hortência de A. Gonçalves
Palavras-chave: Violência doméstica, Movimento feminista, Tipos de violência, Consequências da agressão, Lei Maria da Penha

Resumo

O tema tratado é sobre a violência doméstica contra a mulher por companheiro. A vítima que sofre desde séculos passados, aos poucos, foi ganhando espaço na sociedade, através dos movimentos sociais, principalmente o movimento feminista. Porém, mesmo com o advento de tal conquista, o número de casos da violência continua elevado. Os agressores, geralmente seus parceiros, sentem-se no poder de dominá-las e agredi-las. Os tipos de violência que irão ser vistos no artigo, irão além do físico, como também as consequências trazidas por esses atos. Algumas medidas de prevenção contra a violência já foram tomadas e a que está em vigor atualmente é a Lei Maria da Penha, que embora ameace os agressores, não há fatos comprovando a diminuição dos casos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-03-24
Como Citar
Santos, L. C., Santos, K. M. M. S. dos, Lima, L. S. dos R., Brito, L. S., Silva, Y. F., & Gonçalves, H. de A. (2014). A Violência Doméstica contra Mulher por Companheiro e a Lei Maria da Penha. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - SERGIPE, 2(1), 79-86. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernohumanas/article/view/1259
Seção
Artigos