Análise qualitativa da síndrome de Burnout nos enfermeiros de setores oncológicos

Mayara Torquato da Silva, Fernanda Gomes de Magalhães Soares Pinheiro

Resumo


A Síndrome de Burnout é uma forma de resposta ao estresse laboral crônico, sendo esta uma condição na qual o trabalhador se desgasta, e desiste, na medida em que perde a satisfação e sentido pelo trabalho. O presente estudo teve como objetivo analisar artigos científicos que abordam a presença da Síndrome de Burnout nos enfermeiros que trabalham no setor de oncologia. Trata-se de uma pesquisa de revisão de literatura integrativa realizada com artigos indexados em sites de cunho científico através dos descritores: Síndrome de Burnout, enfermeiros, oncologia. Através deste estudo constatou-se que o ambiente hospitalar e o setor de oncologia são locais geradores de grandes cargas de estresse, e fatores predisponentes aos profissionais, principalmente os enfermeiros que estão em contato maior com o paciente a desenvolverem a Síndrome de Burnout. Conclui-se que existe a necessidade de maiores pesquisas sobre a síndrome, principalmente no setor oncológico, ressalta as condições de trabalho destes profissionais e um foco à saúde física e mental dos trabalhadores.


Palavras-chave


Síndrome de Burnout; enfermeiros; oncologia

Texto completo:

PDFX-1A


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3798.2013v2n1p37-47


Indexada em: