A NARRATIVA QUE DESVELA OS CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS NO BRASIL

Edvan Lessa dos Santos, Antonio Carlos Rodrigues de Amorim

Resumo


RESUMO
Afirmar que há uma narrativa sobre conflitos socioambientais envolve identificar um esforço sistemático de divulgação de informações sobre essas situações nas quais há disputas, entre diferentes sujeitos, a partir dos usos de recursos do meio ambiente. Nosso argumento neste artigo é de que a Comissão Pastoral da Terra (CPT), ação pastoral da igreja católica, e a Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição pública vinculada ao Ministério da Saúde, elaboram esta narrativa formada por argumentos escritos, lançada à apreciação pública e que serve como instrumento de denúncia. A narrativa aparece no cruzamento feito entre 14 relatórios Conflitos no Campo Brasil, veiculados pela CPT anualmente desde 1985, e Mapa de Conflitos envolvendo Injustiça Ambiental e Saúde no Brasil, lançada em 2010 pela Fiocruz e atualizado periodicamente. Ambos são produtos distintos e há conexão entre eles, sendo os principais resultados deste trabalho a constatação da existência de uma narrativa comum e articulada que evidencia o conflito ambiental em um contexto de catástrofe e de seus riscos e formas de contenção, via percepção de seus sentidos complexos que emergem a partir do trabalho analítico com marcadores discursivos específicos.

Palavras-chave


Conflitos socioambientais, CPT, Fiocruz, Narrativa científica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3798.2017v6n1p19-30


Indexada em: