ANÁLISE DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO AMBIENTAL NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DA RESINA, BREJO GRANDE/SE: A INFLUÊNCIA DO RIO SÃO FRANCISCO NA VIDA DOS RIBEIRINHOS

Andréia Reis Fontes, Marília Barbosa dos Santos, Haiane Pessoa da Silva, Ariovaldo Antônio Tadeu Lucas, Márcia Eliane Silva Carvalho

Resumo


A ·gua, componente fundamental para a sobrevivÍncia humana na terra e condiÁ„o basilar para os seus mais diversos usos, tem sua qualidade e quantidade comprometidas, especialmente nos ˙ltimos anos, devido ao acentuado processo de degradaÁ„o. Um dos mais importantes rios brasileiros, o Rio S„o Francisco, È fonte de vida e de renda para a populaÁ„o da comunidade quilombola da Resina, Brejo Grande/SE, visto que as atividades desenvolvidas s„o todas dependentes das ·guas do ìVelho Chicoî, utilizadas pelos membros para consumo, realizaÁ„o de atividades domÈsticas, dessedentaÁ„o dos animais, entre outras. Nessa perspectiva, a finalidade principal do respectivo trabalho È analisar o estado de conservaÁ„o ambiental da comunidade quilombola da Resina, Brejo Grande/SE; identificar as formas de coleta dos resÌduos sÛlidos e seus respectivos destinos; apresentar a situaÁ„o atual da vegetaÁ„o na localidade; e descrever os aspectos socioambientais na comunidade e as influÍncias econÙmicas do Rio S„o Francisco para os moradores da comunidade.  As bases metodolÛgicas da pesquisa envolvem aspectos qualitativos, visto que trabalho dispıe de mecanismos fundamentais para entender a etnografia do povo estudado. Logo, a compreens„o do contexto e das experiÍncias dos indivÌduos deve ser considerada. Por conseguinte, os resultados apontaram que a comunidade Quilombola da Resina convive com a falta de consolidaÁ„o do territÛrio, o que resulta na carÍncia de uma estrutura b·sica e investimentos para a populaÁ„o local, retratado na ausÍncia de polÌticas p˙blicas que subsidiem a populaÁ„o local. A vis„o sustent·vel da comunidade È bem perceptÌvel, bem como a real necessidade de uma intervenÁ„o mais assÌdua por parte dos governantes, visto que os residentes clamam por uma atenÁ„o maior, afinal, È uma ·rea turÌstica e de grande relev‚ncia para o municÌpio, que recebe um bom n˙mero de visitantes, sendo, de tal forma, interessante investir em polÌticas de educaÁ„o ambiental, alÈm de maiores investimentos em infraestrutura.


Palavras-chave


Comunidade. Conservação. Rio São Francisco.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3798.2016v5n1p173-181


Indexada em: