A INFLUÊNCIA DA MEMÓRIA NA MANUTENÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NA RELAÇÃO CONJUGAL

Rosana Ataide de Queiroz, Tania Rocha Andrade Cunha

Resumo


O presente estudo tem como objetivo analisar a influência da memória na manutenção da violência contra a mulher na relação conjugal, a despeito do avanço dos direitos humanos e das leis de proteção à mulher. Trata-se de um estudo bibliográfico, que caracteriza a violência conjugal, formas de expressão, danos físicos e psicológicos causados por essa violência e o papel da memória na sua manutenção. Infere que a memória coletiva engendrada por séculos de dominação corrobora a persistência de crenças e práticas que perpetuam a violência.

Palavras-chave


Memória. Violência. Mulher. Relação Conjugal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3801.2017v6n2p41-50