A Arqueologia do Saber: uma proposta metodológica para a análise do discurso em História

Roger Marcelo Martins Gomes

Resumo


Para além de seu tempo, a obra “A Arqueologia do Saber”, de Michel Foucault, permite uma reflexão sobre o método arqueológico que coloca em questão epistemologias e metodologias clássicas como a proposta pela História das Ideias. Para entender as possibilidades ofertadas pelo método arqueológico de Foucault na análise de um discurso, discuti-se os conceitos e categorias fundamentais deste método. Identifica-se que o método arqueológico de Foucault dá base para a análise do discurso, desde que não se torne um a priori formal, isto é, uma camisa de força que impossibilite identificar as particularidades ou as próprias regularidades de um objeto de pesquisa

Palavras-chave


Arqueologia do saber; Metodologia; Discurso; História

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3801.2018v6n3p19-26