3ª BIENAL DA BAHIA: UMA PROPOSTA AUTOBIOGRÁFICA?

Maria Marques Ferreira

Resumo


O estudo tem como finalidade compreender a dimensão histórica e temática da Proposta Curatorial da 3ª Bienal da Bahia a partir dos conceitos de cultura e identidade. O objetivo é cruzar narrativas acerca das bienais da Bahia e sobre o Nordeste com os sistemas constitutivos da identidade individual e coletiva e do patrimônio cultural. Para tal considera autores como Durval Muniz (2011) pelo seu olhar sobre o Nordeste e Dennys Cuche (1999) pelas considerações sobre identidade cultural. Por fim, coloca a hipótese de que esta proposta tem uma forte componente autobiográfica pois recupera e atualiza a sua história, enquanto evento expositivo num território específico, e a partir deste convida o público ao mesmo exercício.


Palavras-chave


3ª Bienal da Bahia; Curadoria; Nordeste; Identidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3801.2015v4n2p45-52