COMO PROJETAR HABITAÇÕES RESIDÊNCIAS ECOLOGICAMENTE CORRETAS, VISANDO O CONFORTO DO SEU HABITANTE, NO CONJUNTO RECANTO DAS CORES NO BAIRRO DO BENEDITO BENTES I, CONSTRUIDO 2015-2018

Sammea Ribeiro Granja Damascceno Costa, Gleicy Esterfanny dos Santos Amorim, Thayrla Susanne Correia SILVA, Mônica Peixoto Vianna

Resumo


O presente artigo tem como principal objetivo apresentar como é possível construir uma arquitetura bioclimática sem agredir o meio ambiente tendo como foco as habitações de interesse social do programa do governo minha casa minha vida, e proporcionar aos habitantes dessas moradias conforto térmico e eficiência energética utilizando dos recursos naturais para proporcionar uma ventilação cruzada e o uso de iluminação natural nas residências. A habitação analisada fica situada no conjunto do Benedito Bentes I em Maceió, Alagoas. A metodologia adotada, em sua primeira parte constou na aplicação de um questionário para os moradores perguntando como os mesmos sentiam se na edificação em relação ao conforto térmico. Após coleta os dados foram feitas análises qualitativas para resolver tais problemáticas apontados pelos moradores. E em sua segunda parte foi feito um estudo de casos de projetos de habitações de interesse social sustentáveis que poderiam ser adaptados, para serem construídos na região de clima quente e úmido. Os resultados apontaram que pode se projetar habitações sociais que sejam altamente sustentáveis que não prejudiquem o meio onde elas estão situadas e que minimizam os impactos ambientais gerado pelas construções civis, além de proporcionar ao usuário conforto térmico com o uso da ventilação natural, e ser uma arquitetura eficiente.

Palavras-chave


Conforto térmico, habitação social, sustentabilidade, arquitetura eficiente, arquitetura bioclimática.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR15220-3: Desempenho térmico de edificações, parte 3: Zoneamento Bioclimático brasileiras e diretrizes construtivas para habitações unifamiliares de interesse social. Rio de Janeiro, 2003.

AMERICAO DE COFORTO O AMBIENTE CONSTRUÍDO- ENTAC, 9., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ENTAC, 2016.

AYRES, Marcus; KUTIANSKI, Gerson; OLIVEIRA, Waldir; TERUMI, Camila; ZANCHETTA, Celso. Sustentabilidade em Habitações de Interesse Social. São Paulo, ferv.2006.

BARBOSA, Gabriela L.; Araújo, Mayna L.T.; SANTOS, Daniela N; BATISTA, Juliana. O Desempenho térmico de habitação populares em Alagoas: aplicação da NBR 15575. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO - ENTAC, 16., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ENTAC, 2016.

BARROS, Raquel Regina; PINA, Sílvia Aparecida, uma abordagem de inspiração humanizada para projeto de habitação coletiva mais sustentável. Porto Alegre: Ambiente Construído, v. 10, n. 3, p. 121-135, jul. /set. 2010.

BOGO, Amilcar J. O conceito de desenvolvimento sustentável aplicado à arquitetura e urbanismo como parâmetro da qualidade do ambiente construído. MODERNIDADE E SUSTENTABILIDADE-ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO - ENTAC, 8.,2000, Salvador. Anais... Salvador: ENTAC, 2000.

CORBELLA, Oscar. Em busca de uma arquitetura sustentável para trópicos: conforto ambiental. 2. ed. Rio de Janeiro: revan, setembro de 2009. 1ª reimpressão, outubro de 2010.

DANTAS, Cristine; BARBIRATO, Gianna. Avaliação do desempenho térmico e conforto térmico dos usuários em empreendimentos residenciais horizontais do programa minha casa minha vida em Maceió-AL. Blucher Design Proceedings, v. 2, n. 1, p. 400-411, 2015.

FROTA, Anésia Barros. Manual de conforto térmico: arquitetura, urbanismo / Anésia Barros Frota, Sueli Ramos Schiffer. 5. Ed. São Paulo: Studio Nobel, 2001.

GONÇALVES, Joana Carla; DUARTE, Denise Helena, ARQUITETURA SUSTENTÁVEL: Uma integração entre ambiente, projeto e tecnologia em experiência de pesquisa, prática de ensino. Porto Alegre: Ambiente construído, 2006.

HEINZEN, Priscila. Habitação social brasileira e sua arquitetura. Florianópolis: Revista Especialize, v. 6, n. 1, 2013.

HULSMEYER, A. F. A Escovila Urbana: Uma Alternativa Sustentável. Artigo cientifico. Akrópolis, Umuarama, v. 16, n. 1, p. 31-44, jan. /março. 2008.

JACOSKI, Claudio Alcides; DREHER, Aline Raquel; DE MEDEIROS, Rafael. Conceito de Bioclimatologia e Sustentabilidade Aplicada a Fase de Projeto em Habitações de Interesse Social. Doi: http://dx. doi. org/10.5892/ruvrd. V14i1. 2448. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, v. 14, n. 1, p. 145-159, 2016.

JOURDA, Françoise- Heléne, 1995-. Pequeno manual do projeto sustentável / Françoise- Heléne Jourda; [tradução ao português Cristina Reis]. — 1. ed. — São Paulo: Gustavo Gill, 2013.

KOWALTOWSKI, Doris C.C.C. et al. As pesquisas sobre “minha casa minha vida” e o conforto ambiental. ENCONTRO NACIONAL E LATINO-AMERICANO DO AMBIENTE CONSTRUIDO, 8., 2015, Campinas. Anais... Campinas: ENCAC/ ELACAC, 2015.

ROAF, Sue. Ecohouse: a casa ambientalmente sustentável / Sue Roaf, Manuel Fuentes, Stephanie Thomas- Rees; tradução: Alexandre Salva terra. — 4. ed. — Porto Alegre: Bookman, 2014.

SOUZA, Erica; FELICIANO,Saulo. Habitação de Interesse Social Sustentável. Manual de referência bibliográfica. Disponível em: . Acesso em: 14 de junho de 2018.

TORRES, Daniela; BATISTA, Juliana. Desempenho térmico de habitação popular o estado de Alagoas. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO- ENTAC, 15.,2014, Maceió. Anais... Maceió: ENTAC, 2014.