Mapeamento sonoro das Feiras da Levada no centro de Maceió-AL: resultados parciais.

Walcler de Lima Mendes Junior

Resumo


O projeto aqui apresentado está produzindo um mapa sonoro das feiras livres do Centro da cidade de Maceió-AL, com ênfase na Levada, compreendendo a paisagem sonora destes espaços como traços característicos das territorializações das mesmas nos espaços da cidade. O trabalho dá continuidade a pesquisa desenvolvida em projeto anterior, intitulado “Mapeamento sonoro do sertão alagoano”, financiado pela FAPEAL, e que teve como resultado um mapeamento extensivo dos sons predominantes do sertão, com ênfase na construção de uma metodologia que cruza as territorialidades sonoras com aspectos de cunho sociocultural para compreender como os sons permitem ler traços identitários locais e parte da memória coletiva e de suas transformações. Nesse contexto, as feiras apareceram como territórios nos quais os sons constituem de modo potencializado barreiras, fronteiras, aproximações, interfaces e mediações territoriais. Como metodologia de pesquisa, portanto, trabalharemos a cartografia sonora a partir de aproximações com as feiras estudadas, partindo de três etapas de pesquisa: a primeira propõe a vivência in loco dos espaços das feiras, produzindo diários sonoros com as impressões iniciais da bolsista e caracterização das práticas e usos do som observados em campo; a segunda etapa pretende captar em gravação as sonoridades da feira, através de passeios de escuta, nos quais a bolsista utilizará equipamentos próprios e percorrerá a feira identificando suas principais sonoridades; e por fim na terceira etapa será produzido um documentário sonoro, que pretende sintetizar as sonoridades mais significativas encontradas, compondo através das paisagens sonoras, percepções sobre os espaços das feiras

Palavras-chave


mapa sonoro, feiras, Levada, Maceió

Texto completo:

PDF

Referências


DELEUZE, Gilles & GUATARI, Felix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

OBICI, Giuliano. Condição da escuta. Rio de Janeiro: 7letras, 2008.

SCHAFER, Raymond Murray. O ouvido pensante. São Paulo: UNESP, 1991.

______. A afinação do mundo. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

SCHAEFFER, Pierre – Tratado dos objetos musicais. Editora UNB.

WISNIK, José Miguel. O som e o sentido: uma outra história da música. Ed. 2. São Paulo: Cia das Letras / Círculo do Livro, 1999.