A QUESTÃO DOS REFUGIADOS E A PROTEÇÃO DO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

Amanda Leal, Damásio Norma, Thayanne Cavalcanti, Galvão Vivianny

Resumo


A situação dos refugiados é tema importante tanto para países mais desenvolvidos, porque
geralmente são os que recebem os migrantes, como para países que perdem seus
nacionais por inúmeros motivos. A questão dos refugiados é mais específica e gera muitos
desafios (administrativos, jurídicos e políticos). Conhecer a condição dos refugiados
é dispor dos instrumentos internacionais e internos de proteção, bem como trabalhar as
possíveis perspectivas para o futuro. O desenvolvimento da pesquisa partiu do pressuposto
metodológico, paradigma positivista, método de exposição indutivo e técnica de
pesquisa bibliográfica.

Palavras-chave


Migração, refugiados, direito internacional.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Flavia Cristina Moura de; PAVIONE, Lucas dos Santos. Exame da OAB Doutrina. In: FRANCESCHET, Julio César (orgs). Vol. Único. Ed. JusPodvm. 2012.

ACNUR. O que é a Convenção de 1951. Disponível em:. Acesso em: 29 jan. 2014.

______. 60 anos de ACNUR: perspectivas de futuro / André de Carvalho Ramos, Gilberto Rodrigues e Guilherme Assis de Almeida, (orgs.). — São Paulo: Editora CL-ACultural, 2011.

______; IMDH. Lei 9474/97 e Coletânea de Instrumentos de Proteção Internacional de Refugiados e Apátridas. 4ª Edição, 2012. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2013

_______. CONARE; Ministério da Justiça.Refúgio no Brasil: A proteção brasileira aos refugiados e seu impacto nas Américas. 2010. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2013.

______. Direitos e Deveres de Solicitantes de Refúgio e Refugiados no Brasil. 2012. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2013.

______. Refugiados en Cifras. 2002. Disponível em: Acesso em 14/01/2014.

______.1970a.Conference of Plenipotentiaries on the Status of Refugee and Stateless Persons: Summary Record of the Twenty-Second Meeting. Acesso em: 27 jan. 2014.

______. Refúgio no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 20 de dezembro de 2013.

ACNUDH.Direitos Humanos e Refugiados. Ficha Informativa nº 20, 2002. Disponível em: . Acesso em: 31 out. 2013.

BARBOSA, Luciano Pestana; HORA, José Roberto Sagrado da.A Polícia Federal e a proteção internacional dos refugiados. ACNUR: Brasília, 2007. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2013.

CANÇADO TRINDADEAugusto; PEYTRIGNET, Gérard; SANTIAGO, Jaime Ruiz de. As três vertentes da proteção internacional dos direitos da pessoa humana, San José da Costa Rica: IIDH, Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, 1996, p. 129

CARVALHO RAMOS, André de. O Princípio do Non-Refoulement no Direito dos Refugiados: Do ingresso à extradição. In: GARCIA, Maria; PIOVESAN, Flavia (Orgs.). Direitos Humanos. Edição Especial. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, Vol. IV, Cap. 53.

__________________. RODRIGUES Gilberto, ALMEIDA, Guilherme Assis de. 60 anos de ACNUR-Perspectivas de Futuros. Disponível em: Acesso em: 30 jan. 2014.

CIDH. Opinión Consultiva OC-18/03. Condición Jurídica y Derechos Humanos de los Migrantes Indocumentados. Acesso em: 17 set. 2013.

LETTIERI, Martín. Procedimientos de determinación del estatuto de refugiado y cuestiones de prueba. In: LETTIERI, Martín (Ed.). Proteción Internacional en el sur de Sudamérica. Buenos Aires: De la UNLa, 2012.

MENDONÇA, Renata de Lima; PACÍFICO, Andrea Maria Calazans Pacheco. A Proteção Sociojurídica dos Refugiados no Brasil.Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2014.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. Conare. Disponível em: . Acesso em: 25 de nov. de 2013.

MURILLO, Juan Carlos. Os Legítimos Interesses de Segurança dos Estados e a Proteção Internacional de Refugiados. Disponível em: Acesso em: 29 jan. 2014.

RODRIGUES, Noranha. A Historia do Direito de Asilo no Direito Internacional. Disponível em: . Acesso 27 jan. 2014

SOARES, Karina Oliveira de. A extradição e o princípio de não-devolução (non-refoulement) no direito internacional dos refugiados. Disponível em:. Acesso em: 01 fev. 2014