A FALTA DE ATENÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE QUANTO A BIOSSEGURANÇA

Daniel Neves Fonseca, Lavinia Souza Oliveira Nunes, Igor Mauricio Santos Silva, Jose Eduardo Passos, Jose Anderson Nunes, Danilo Cavalcante Fernandes

Resumo


Introdução: A biossegurança é o conjunto de técnicas estabelecidas para o cuidar com proteção, quando aplicada à saúde é de extrema responsabilidade do profissional, que necessita de orientação quanto ao assunto. Objetivo: Analisar a literatura acerca dos problemas envolvidos com a biossegurança nos hospitais, consultórios e clínicas, de modo que muitos profissionais a ignoram ou até executam, mas de modo incorreto. Metodologia: Realizou-se uma revisão bibliográfica, nas bases de dados Scielo e Lilacs. Durante o período de tempo dos meses de agosto e novembro de 2018, incluindo apenas publicações indexadas nas bases de dados citadas. Foram usados critérios de inclusão e exclusão para filtrar os artigos. Resultados: A realização da biossegurança na clínica odontológica compreende mais conhecimento, responsabilidade, determinação, organização e disciplina do que raciocínios complexos e técnicas difíceis de serem aprendidas ou executadas. O profissional da saúde está exposto a várias infecções, para a prevenção desses riscos, temos os EPI’s que servem como aliados aos profissionais. Conclusão: É de suma importância a utilização dos EPI’s, assim como, o uso dos agentes químicos para proteção tanto do paciente quanto do profissional, sem esquecer de seguir todos procedimentos para que a biossegurança ocorra da forma correta.

Descritores: biossegurança, imprudência e atenção.

Palavras-chave


biossegurança, imprudência e atenção.

Texto completo:

PDF

Referências


Arantes, D.C; C.L.F et al. Biossegurança aplicada à Odontologia na Universidade

Federal do Pará, Cidade de Belém, Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude 2015; 6(1):11-18

Correa, C.F; M. Biossegurança em uma unidade de terapia intensiva a percepção da equipe de enfermagem. Esc Anna Nery R Enferm 2007 jun; 11 (2): 197 - 204

Engelmann, A.I; A.C.L.D et al. Avaliação dos procedimentos realizados por cirurgiões-dentistas da região de Cascavel-PR visando ao controle da biossegurança. Odontol. Clín.-Cient., Recife, 9 (2) 161-165, abr./jun., 2010

www.cro-pe.org.br

Pinto, K.M.L ; C. Protocolo de biossegurança no consultório

Odontológico: custo e tempo. Rev. biociênc.,Taubaté, v.9, n.4, p.19-23, out-dez 2003

Gallas, S.R; R. Biossegurança e a enfermagem nos cuidados clínicos: contribuições para a saúde do trabalhador. Rev Bras. 2010 ; 63(5): 786-92 .

RIBEIRO, G; D.R et al. Concepção de biossegurança de docentes do ensino técnico de enfermagem em um estado do sul do brasil. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro , v. 13, n. 3, p. 721-737, Dec. 2015

RIBEIRO, G; D.M et al. Práticas de biossegurança no ensino técnico de enfermagem. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro , v. 14, n. 3, p. 871-888, Dec. 2016

Santos, A.P.B ; M.S et al. Acidentes de trabalho e Biossegurança no ambiente hospitalar. Rev. Edu., meio Amb. e Saúde. 2008; 3(1):51-62