PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS VÍTIMAS DE TRAUMA POR ACIDENTES COM MOTOCICLETA ATENDIDAS EM UM HOSPITAL GERAL

LILIAN LOPES VIEIRA DA SILVA

Resumo


As causas externas são responsáveis por grande parte das mortes no mundo. Dentre elas, tem-se o acidente de trânsito, principalmente os que envolvem motocicleta. No Brasil é notório um grande aumento desse tipo de veículo, elevando, consequentemente, o número de acidentes e tornando-se um grande problema social e de saúde pública. Este estudo caracterizou-se como uma pesquisa documental de abordagem quantitativa e objetivou realizar o perfil epidemiológico das vítimas de trauma por acidentes com motocicletas atendidas no HGE-AL. O resultado demonstrou um elevado número de acidentes em pessoas do sexo masculino, jovens, com a faixa etária entre15 a34 anos, sendo a maior ocorrência na capital Maceió. Diante disso, observou-se a necessidade de mais campanhas preventivas e conscientização da população diante do risco que estas estão expostas ao conduzir este tipo de veículo, de fiscalizações e de treinamento do profissional de saúde para um eficiente atendimento pré-hospitalar.


Palavras-chave


Acidentes de Trânsito. Motocicletas. Perfil de Saúde.

Texto completo:

PDF