AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Gabriela Costa Moura, Camila Balbina da Silva, Ester Félix Bertolino, Elizangela Bezerra da Silva, Girlene Santos da Mota, Maria Jeane da Silva, Thayanne Lacerda Silva

Resumo


A avaliação neuropsicológica é um tipo de avaliação psicológica apropriada para casos em que há disfunções funcionais relacionadas a um problema neurológico. Este trabalho tem como objetivo investigar sobre a avaliação neuropsicológica e sua relação com os conhecimentos da neurociência, psicodiagnóstico e neuropsicologia. A metodologia é a revisão de literatura, através da pesquisa de trabalhos publicados na base de dados Scielo a partir dos descritores “Avaliação Neuropsicologia”, “Neuropsicologia” e “Neurociência”. Alguns livros foram utilizados também a partir das referências dos artigos. Em geral, o neuropsicólogo utiliza instrumentos, como os testes psicométricos e neuropsicológicos, com o intuito de coletar dados mais objetivos, tanto acerca das funções comprometidas, quanto das funções preservadas, no entanto, não se limita aos mesmos. Apesar de sua relevância e difusão, a avaliação neuropsicológica é uma temática que deve ser mais explorada e investigada; a maioria dos trabalhos publicados são diretivos à contribuição da avaliação neuropsicológica de determinadas patologias e/ou públicos. Evidencia-se, portanto, a urgência na produção de mais estudos na área. Percebe-se que a evolução das neurociências poderá contribuir substancialmente no processo de avaliação neuropsicológica pois, a partir desta tem-se o avanço na compreensão do funcionamento cerebral. Para maiores esclarecimentos e compreensão acerca da avaliação neuropsicológica, uma cartilha, elaborada pelo sistema de conselhos de psicologia, já seria um grande passo.

Palavras-chave


Avaliação neuropsicológica; Neuropsicologia; Neurociências.

Texto completo:

PDF

Referências


BEAR, F. M. CONNORS, W. B. PARADISO, A. M. Neurociências: passado, presente e future. In: ______. Neurociências: desenvolvendo o sistema nervoso. Porto Alegre: Artmed, 2008. pp. 04-20.

CAMACHO, M. Avaliação Psicológica com Adultos Idosos: Especificidades. Revista de Psicologia da IMED, vol.4, n.1, pp. 662- 670, 2012.

CARAMELLI, P.; BARBOSA, M. T. Como diagnosticar as quatros causas mais frequentes de demência? Rev Bras Psiquiatr, São Paulo, 2002. pp. 7-70.

COSTA, D. I. et al. A avaliação neuropsicológica da criança. Jornal da Pediatria, Vol. 80, n° 2, Porto Alegre, 2004. pp. 111-116.

CUNHA, J. A. Estratégias de avaliação: perspectivas em psicologia clínica. In: ______. Psicodiagnóstico V. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2007. pp. 19-22.

______. O ABC da Avaliação Neuropsicológica. In: ______. Psicodiagnóstico V. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2007. pp. 171-176.

GAUER, G.; GOMES, C. M. A.; HAASE, V. G. Neuropsicometria: Modelo Clássico e Análise de Rasch in MALLOY-DINIZ, L. F. (org.) Avaliação Neuropsicológica. Porto Alegre: Artmed, 2010. pp. 22 – 30.

GIL, C.; BUSSE, A. L. A avaliação neuropsicológica e o diagnóstico de demência, comprometimento cognitivo leve e queixa de memória relacionada a idade. Arquivos Médicos, 2009. pp. 44-50.

HANNAY, J. H.; LEZAK. M. The Neuropsychological Examination: Procedures. In: LEZAK, M. Neuropshychological Assessment. New York: Oxford University Press, 2004. pp. 100 – 132.

LEZAK, M. D. Basic Concepts. In: ______. Neuropshychological Assessment. New York: Oxford University Press, 2004. pp. 3 – 14.

LUNDY-EKMAN, L. Introdução à Neurociências. In: _______. Neurociências: fundamentos para reabilitação. Rio de Janeiro: Elsever, 2008. pp. 01-20.

______.The practice of Neuropshychological Assesment: In: ______. Neuropshychological Assessment. New York: Oxford University Press, 2004. pp. 15 – 38.

LEZAK, M. et al. Neuropathology for Neuropsychologists. In: LEZAK, M. Neuropshychological Assessment. New York: Oxford University Press, 2004. pp.157 – 285.

MÄDER-JOAQUIM, M. J. O Neuropsicólogo e seu paciente: introdução aos princípios da avaliação neuropsicológica. In: MALLOY-DINIZ, L. F. (org. )Avaliação Neuropsicológica. Porto Alegre: Artmed, 2010. pp.46 – 57.

MALLOY-DINIZ, L. F. Introdução. In:______. (org.) Avaliação Neuropsicológica. Porto Alegre: Artmed, 2010. pp. 17 -20.

MACHADO, A. P. Manual de avaliação psicológica. Curitiba: Unificado, 2007.

PRIMI, R. Avaliação Psicológica no Brasil: fundamentos, situação atual e direções para o Futuro. Psicologia: Teoria e pesquisa. Brasília: vol. 26 n. especial. pp. 25-35. 2010. Disponível em:. Acesso em 28 Fev. 2015.

TAKASE, E. Contribuições recentes da Neurociência à Psicologia. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis: EDUSFSC, n. 34, pp. 441-458, Out/2008. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revistacfh/article/view/25386. Acesso em: 23 fev. 2015.

URBINA, S. Introdução aos testes psicológicos e seus usos. In: ______. Fundamentos da Testagem Psicológica. Porto Alegre: Artmed, 2007. pp. 11-41.

Resolução nº 007/2003, de 14 de junho de 2003. Brasília, DF, 2003. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2015.

WECHSLER, S. M. Guia de procedimentos éticos para a avaliação psicológica. In: WECHSLER, S. M.; GUZZO, R. S. L. (Orgs.). Avaliação psicológica: perspectiva internacional. São Paulo: Casa do Psicólogo. 1999. pp. 133-141.