A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PROMOÇÃO DO ALEITAMENTO MATERNO ATRAVÉS DE AÇÕES EDUCATIVAS

Joicy da Silva Dias, Katiane Costa e Silva, Maria Rita Webster de Moura

Resumo


O presente trabalho aborda a temática Aleitamento Materno como um importante problema de saúde pública que instituí uma expectativa de sobrevivência com melhor qualidade de vida em todas as fases da vida da criança, além de ser uma estratégia para redução da mortalidade infantil e auxilio no processo de saúde-doença da mãe e do bebê. Tem como objetivo evidenciar a atuação do Enfermeiro em práticas educativas para promoção e incentivo ao aleitamento materno. Consiste em um estudo de revisão bibliográfica, documental, abordando método dedutivo e procedimento histórico com pesquisa em dados de base da SciELO, manuais do Ministério da Saúde e Livros. Consideramos a importância do Enfermeiro em ações educativas voltada à promoção e incentivo ao aleitamento materno como estratégia de educação em saúde e peça chave no processo facilitador, protetor e promotor, incentivador do aleitamento materno exclusivo como uma contribuição de saúde para a sociedade.

Palavras-chave


Aleitamento Materno. Enfermagem. Ações Educativas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, João Aprigio Guerra de; e NOVAK, Franz Reis. Amamentação: um híbrido natureza-cultura. Jornal de Pediatria - Vol. 80, n.5(supl), 2004. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2012.

ARAÚJO, Maria de Fátima Moura de; REA, Marina Ferreira; PINHEIRO, Karina Aragão; SCHMITZ, Bethsáida de Abreu Soares. Avanços na norma brasileira de comercialização de alimentos para a idade infantil. Rev Saúde Pública, vol.40, n. 3, 2006, p. 513-320. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rsp/v40n3/21.pdf >. Acesso em: 20 ago. 2012.

BARROS, Sonia Maria de Oliveira de. Enfermagem obstétrica e ginecológica: guia para a prática assistencial. 2ª edição. São Paulo. Editora Roca, 2009, p. 279-282.

BRASIL. Constituição da Republica Federativa do Brasil. Texto promulgado em 5 de outubro de 1988. Brasília, Secretaria Especial de Editoração e Publicações/ Subsecretaria De Edições Técnicas, 2010. Disponível em: . Acesso em: 09 set. 2012.

______. Ministério da Saúde. Estatuto da Criança e do Adolescente. 3ª ed. Brasília, Editora do Ministério da Saúde, 2008b. Disponível em: . Acesso em: 09 set. 2012.

______. Ministério da Saúde. Iniciativa Hospital Amigo da Criança: revista, atualizada e ampliada para o cuidado integrado: módulo 1: histórico e implementação/ Fundo das Nações Unidas para a Infância. Brasília, Editora do Ministério da Saúde, 2008a.

______. Ministério da Saúde. Organização Pan-Americana da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de 2 anos. 1.ª edição – 2.ª reimpressão. Brasília, Editora do Ministério da Saúde, 2005, p.19.

BUDÔ, Maria de Lourdes Denardin e SAUPE, Rosita. Conhecimentos populares e educação em saúde na formação do enfermeiro. Ver. Bras. Enfermagem, Brasília (DF), cap.57, vol. 2, p.165-9, mar/abr, 2004. Disponível em: . Acesso em: 06 set. 2012.

FIGUEIREDO, Nébia Maria Almeida. Ensinando a cuidar da mulher, do homem e do recém-nascido. São Caetano do Sul, SP. Yendis Editora, 2008, p. 267-300.

LOPES, Emeline Moura; ANJOS, Saiwori de Jesus Silva Bezerra dos; PINHEIRO, Ana Karina Bezerra. Tendência das Ações de Educação em Saúde Realizadas por Enfermeiros no Brasil. Rev. enfermagem. UERJ, Rio de Janeiro, vol.17, n. 2, 2009, p. 273-297. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2012.

Organização Mundial de Saúde (OMS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Reunião conjunta OMS/ UNICEF sobre a alimentação de lactentes e crianças na primeira infância. Brasília, DF: UNICEF, 1980.

Organização Pan-Americana da Saúde - OPAS, Organização Mundial de Saúde. Curso de Sensibilização e Apoio ao Aleitamento Materno. São Paulo, 2010. Disponível em: . Acesso em: 04 jun. 2012.

PARADA, Cristina Maria Garcia de Lima et al. Situação do aleitamento materno em população assistida pelo programa de saúde da família - PSF. Rev. Latino-Am. Enfermagem. Vol. 13, n. 3, 2005, p. 407-414. Disponível em: . Acesso em: 05 out. 2012.

PEREIRA, Genilse Oliveira Monteiro. Educação Em Saúde No Pré-Natal Para O Fortalecimento Do Aleitamento Materno. Especialização em Enfermagem Obstétrica. Escola de Saúde Pública do Ceará. Orientador: Profº. Ms. Mª do Socorro Vieira Lopes. Fortaleza, 2010.

QUADROS, Pedro Oto de; RITA, Rosangela Peixoto Santa. Amamentação: Direito da Mãe ou da Criança? Um olhar sobre as práticas do encarceramento feminino. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MAGISTRADOS E PROMOTORES DE JUSTIÇA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE, 22. 2008, Florianópolis. Tese relativa ao Bloco Temático 3 Direito à vida, à saúde e a condições dignas de sobrevivência. Brasília, 2008, p. 03.

¬¬¬REGO, José Dias. Aleitamento Materno. 2ª ed. ver. e ampl. São Paulo: editora Atheneu, 2009.

RIOS, Claudia Teresa Frias; VIEIRA, Neiva Francenely Cunha. Ações educativas no pré-natal: reflexão sobre a consulta de enfermagem como um espaço para educação em saúde. Ciênc. saúde coletiva. Vol. 12, n.2, 2007, p. 477-486. Disponível em: . Acesso em: 18 mai. 2012.

RODRIGUES, Auro de Jesus. Metodologia Científica. São Paulo: Avercamp, 2006.

SILVA, Antônio Augusto Moura da. Amamentação: Fardo ou desejo? Estudo Histórico-Social dos Saberes e Práticas Sobre o Aleitamento Materno na Sociedade Brasileira. Dissertação (Mestrado em Medicina Preventiva). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo: São Paulo. 1990.

SILVA, Isilia Aparecida; SOUZA, Kleyde Ventura de; SOUZA, Ívis Emília de Oliveira. PROENF: Saúde Materna e Neonatal. Programa de Atualização em Enfermagem. Ciclo1-Módulo 4. Porto Alegre, Artmed/ Panamericana, 2009.