HIGIENIZAÇÃO E ARMAZENAMENTO DAS ESCOVAS DENTAIS: UMA PERCEPÇÃO DO CONHECIMENTO E HÁBITOS DOS DOCENTES DE ODONTOLOGIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES (UNIT-PE)

John Dayvison Alexandre de Lima, Jose Cleifesom dos Santos, Igor Felipe Adrade Costa de Souza

Resumo


Os cuidados que devem ser tomados com relação a escovação, nem sempre considera a importância que a boca tem na relação com a saúde de todo o organismo, haja vista ser a porta de entrada para diversos tipos de contaminações. Esses cuidados devem ser adotados pelo profissional de Odontologia, para que seja criada a prática de bons hábitos por esses profissionais e consequentemente ser disseminado entre seus futuros pacientes. Este trabalho teve por objetivo analisar o conhecimento dos discentes em Odontologia acerca dos seus hábitos pessoais de higiene bucal e a correta assepsia das escovas dentais. Foi realizada pesquisa por meio de questionário eletrônico, onde os alunos responderam sobre os hábitos de escovação adotado, assepsia, nível de conhecimento e qual o grau de importância é dado por esse aluno ao assunto e se há intenção de promover tais hábitos entre seus futuros pacientes. A partir dos resultados, foi realizada uma análise estatística crítica, onde se mapeou o conhecimento e comportamento do futuro profissional de saúde bucal quanto ao seu conhecimento, hábitos e adoção de métodos e intenção de promoção da correta e melhor forma de conservação, desinfecção e armazenamento da escova dental.

Texto completo:

PDF