ANÁLISE DO ULTRASOM ESTÉTICO NO TRATAMENTO DA LIPODISTROFIA LOCALIZADA NO ABDÔMEN

Mateus Domingues de Barros, Patrícia Cristina Rodrigues Lima, Andrezza Pimentel de Santana

Resumo


A Lipodistrofia localizada ou gordura localizada tem sua origem devido a predisposição genética e fatores hormonais. Hoje representa grande parte das queixas em clínicas e centros de estética, tendo então diversos tratamentos utilizados. Um desses tratamentos é o ultrassom que utiliza vibrações mecânicas nos tecidos subcutâneos, sendo utilizado para a redução de disfunções estéticas como a gordura localizada a partir do processo de lipólise que serve para quebra desses adipócitos e diminuição da compressão dos vasos sanguíneos. Apesar de amplamente utilizado em diversas clínicas, poucos estudos acerca da eliminação destes compostos no sangue periférico e o resultado perimétrico é analisada de forma independente sem inserção de ativos. Os efeitos se apresentam benéficos perante as queixas dos pacientes, principalmente se associado a exercícios físicos e uma boa nutrição. Entretanto vale salientar que a avaliação se torna sempre precisa para firmar a segurança no serviço prestado pelo profissional. Um critério de suma importância se baseia na pesquisa metabólica, porque o acúmulo de compostos como triglicerídeo e colesterol no decorrer de sua metabolização se dá na via hepática. O valor correspondente pela ação desse processo pode ser prejudicial se não for de maneira gradual sendo para isso necessário sua reafirmação em caráter laboratorial no qual é o objetivo central do presente estudo em conjunto com a mudança física pelo equipamento.

Palavras-chave


Ultrassom. Lipólise. Metabolismo

Texto completo:

PDF