APARECIMENTO DE GRANULOMA PIOGÊNICO NA GRAVÍDEZ: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Daniele Rodrigues Coelho Caldas, Bianca Fernanda Siqueira da Silva, Djalma Dutra de Barros Neto, Elizabeth Ellen Santana de Souza, George de Oliveira Durval, Alicely Araújo Correia

Resumo


A definição de Granuloma Piogênico pode ser encontrada em diversos conteúdos publicados, entre eles os que defendem que a nomenclatura não está adequada, pois além de não ser piogênico, uma vez que não se refere a uma associação com organismos que produzem exsudato purulento, também não se trata de um granuloma verdadeiro, considerando sua etiologia não neo-plásica. Com o objetivo de sintetizar informações relevantes que se relacionam com o aparecimento do Granuloma Piogênico na gravidez, o presente estudo realizou um levantamento entre fontes primárias e secundárias, no sentido de contextualizar o tema e obter dados relevantes sobre alterações nos tecidos da cavidade bucal de mulheres grávidas e buscando atender de forma científica ao objetivo deste estudo. Por meio do levantamento bibliográfico, identificaram-se informações que dão conta que este tipo de lesão tem predileção por indivíduos do sexo feminino em fases de intensas alterações hormonais. É caracterizada pelo aumento exacerbado de tecidos moles, em especial a língua, mucosa jugal e gengiva, acometendo cerca de 5% das mulheres grávidas, com etiologia associada às intensas flutuações hormonais endócrinas desta fase, que interferem nos efeitos vasculares, predispondo as mulheres a este tipo de lesão.

Palavras-chave


Lesões. Gravidez. Granuloma. Piogênico. Hormonal.

Texto completo:

PDF