OSTEONECROSE POR USO DE BISFOSFANATOS: REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Mayara Miranda da Silva Vasconcelos, Marcella Cavalcanti Villa Bela, Ana Paula Veras Sobral

Resumo


Os bisfosfanatos são utilizados no tratamento de alguns tipos de câncer, osteoporose, e atualmente estudos mostram que alguns pacientes após o uso destes apresentam complicações quando é administrada por via intravenosa ou oral, e por período maior que 03 anos, tal complicação atingindo tecidos ósseos é denominada de osteonecrose, esta pode ocorrer nos maxilares. Ainda não se sabe ao certo como a osteonecrose se desenvolve e qual o tratamento mais adequado. Neste estudo, foram selecionados artigos onde o critério de inclusão foi obter casos de osteonecrose por bisfosfanato e observar suas características clínicas e radiológicas, além de entender a importância na orientação do paciente que já fez ou faz o uso do bisfosfanato. O objetivo do trabalho é realizar uma revisão sistemática da literatura a respeito do uso de bifosfanatos no tratamento de alguns tipos de câncer e osteoporose e sua relação com o desenvolvimento da Osteonecrose. Foi realizada revisão sistemática onde dentre 1.684 estudos envolvendo os bisfosfanatos foram selecionados 26 estudos de acordo com os critérios de inclusão/exclusão. Os 26 estudos foram realizados: ensaios clínicos randomizados, relatos de caso, revisão de literatura e revisão sistemática. Os resultados destes estudos foram analisados levando seguinte conclusão: o maior número de casos de osteonecrose por bisfosfanatos está frequentemente relacionado ao uso mensal por via intravenosa em um período maior que 03 anos. Não se sabe ao certo qual a melhor opção de tratamento nos casos de osteonecrose, mas é importante que o cirurgião-dentista tenha conhecimento do uso desses fármacos para que se possa prevenir o desenvolvimento da osteonecrose antes da realização de procedimentos clínicos invasivos.

Palavras-chave


Osteonecrose, Mandíbula, Maxila, Bisfosfanato

Texto completo:

PDF