ALIMENTOS X CÁRIE: A INGESTÃO DO AÇÚCAR EM EXCESSO COMO FATOR ESTIMULANTE DO DESENVOLVIMENTO DA DOENÇA

José Lafayette de Andrade Lima Junior, Letícia de Vasconcelos Gonçalves, Alicely Araújo Correia

Resumo


O número de estudos que mostram a associação existente entre alimentos e cárie é

bastante limitado e muitos possuem conclusões pouco claras, no entanto deve-se ressaltar

que a grande maioria dos autores concorda na existência de uma relação entre alimentação

e a doença cárie. A tendência é que novos estudos sejam publicados e novas

metodologias sejam empregadas no sentido de esclarecer esta relação. Desta forma, o

presente estudo visa mostrar a relação entre alimentação e ocorrência da doença cárie

dentária baseado em literaturas que relatam essa problemática, e parte do pressuposto

que existe uma relação entre alimentação sadia e a redução do nível da doença cárie e

que se faz necessário o desenvolvimento de novos estudos para esclarecer e enriquecer

esse tema. Além disso, serve como ferramenta para estudiosos que queiram iniciar uma

discussão sobre quais alimentos podem ser considerados cariogênicos e quais são capazes

de reduzir o nível de desenvolvimento da doença


Texto completo:

PDF