Além da disfunção erétil

Mariana Aragão Matos Donato, Edlene Lima Ribeiro, Yuri José de Albuquerque Silva, Christina Alves Peixoto

Resumo


Atualmente, novos fármacos têm sido desenvolvidos pela indústria farmacêutica. Um potente inibidor da fosfodiesterase 5, chamado de Sildenafil, foi descoberto há cerca de 15 anos e tem ganhado espaço na prateleira de muitos brasileiros por ter sido um dos primeiros fármacos utilizados para o tratamento da disfunção erétil. O Sildenafil é conhecido por ser comercializado pelo nome de Viagra, produzido pela Pfizer - atualmente outras empresas também comercializam essa substância. Apesar da principal indicação para o uso do Sildenafil ser a disfunção erétil, o conhecimento de novos inibidores de fosfodiesterase 5 e a ampliação de empresas que comercializam essas substâncias tem levado ao estudo de novos usos dessa substância. Sabendo que seu efeito no metabolismo humano é conhecidamente vasodilatador, o uso em outras patologias além da disfunção erétil está sendo sugerido. Assim o Sildenafil está sendo utilizado para tratar outras doenças além da disfunção erétil no Brasil. Além disso, novos estudos estão mostrando o seu papel na mulher no tratamento de algumas situações clínicas de infertilidade.


Palavras-chave


Sildenafil. Farmacologia; Disfunção erétil; Endométrio; Hipertensão pulmonar

Texto completo:

PDF